PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Mais uma árvore na Duque de Caxias é cortada; ação não faz parte de obra de trinário

Na manhã desta quarta-feira, 4, trabalhadores estavam cortando a árvore do canteiro central em frente à escola Tiradentes, na Duque de Caxias. Prefeitura diz que corte não é parte de implantação de trinário

13:20 | 04/09/2019
Trabalhadores retiravam na manhã desta quarta-feira, 4, árvores do canteiro em frente ao Tiradentes, escola localizada na avenida Duque de Caxias (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)
Trabalhadores retiravam na manhã desta quarta-feira, 4, árvores do canteiro em frente ao Tiradentes, escola localizada na avenida Duque de Caxias (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)

Atualizada às 15h50min para acréscimo do posicionamento da Prefeitura

Desde que foram iniciadas, em 22 de agosto, as obras do canteiro central para retirar árvores seguem fazendo parte da rotina do Centro da Cidade. Essa é só uma das mudanças para que o novo projeto de mobilidade da Prefeitura, o trinário, seja implementado.

Na manhã desta quarta-feira, 4, árvore do canteiro localizado em frente ao colégio Tiradentes estava sendo retirada. Porém, segundo a Prefeitura, a retirada "não possui qualquer relação com o projeto do trinário".

Veja no vídeo abaixo:

Conforme a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), a árvore foi cortada porque apresentava risco de queda. "Equipes da UrbFor estavam na avenida Duque de Caxias fazendo um trabalho de recolhimento de folhagens e tocos e, na ocasião, foram alertadas por populares para o risco de queda de uma árvore. As equipes constataram que a árvore estava morta e com risco queda, pondo em risco a segurança dos transeuntes", informou a pasta, em nota.

A situação, continua a UrbFor, foi "pontual".

Primeiro trinário de Fortaleza

Dentre as alterações estruturais, o canteiro central da avenida Duque de Caxias permanecerá no trecho entre as ruas Nogueira Acioli e Padré Mororó. Na rua Padre Mororó e na avenida Padre Ibiapina, será necessária a remoção do canteiro para permitir a transição dos veículos que seguem em direção à avenida Bezerra de Menezes.

Clique na imagem para abrir a galeria

Já na avenida Padre Ibiapina, será implantado sentido único Norte-Sul (praia-sertão) entre as avenidas Duque de Caxias e Bezerra de Menezes, com três faixas de tráfego e canteiro para dar apoio ao pedestre e para separação física da infraestrutura cicloviária. No trecho entre a avenida Duque de Caxias e a rua Carneiro da Cunha, haverá implantação de canteiro central, com o objetivo de dar apoio ao pedestre e para divisão do fluxo de tráfego.

As obras do primeiro "trinário" de Fortaleza foram iniciadas em agosto com a fresagem do asfalto da Duque de Caxias. No Centro, o "trinário" reunirá a avenida Duque de Caxias e as ruas Meton de Alencar e Clarindo de Queiroz. O objetivo do projeto é priorizar a circulação de ônibus, reordenar o tráfego geral, implantar infraestrutura cicloviária, requalificar pontos de paradas e da iluminação pública, implantar novos semáforos, recuperar asfaltos e calçadas e implantar lixeira subterrânea. O foco do projeto é o transporte público e o deslocamento não motorizado.