PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Integrante de facção é condenado a 44 anos de prisão por homicídio contra um homem e tentativa contra três

Silvano Paulino Anastácio corrompeu um adolescente a praticar os crimes em sua companhia. O assassinato e as tentativas aconteceram em 2013, no bairro Bonsucesso, em Fortaleza

O Povo
17:46 | 03/09/2019

Silvano Paulino Anastácio, conhecido como Moésio, foi condenado a uma pena de 44 anos pelo homicídio duplamente qualificado contra Tony Alef da Silva e crime tentado contra José Carlos da Silva, o Carlinhos, Lucas Vieira de Andrade e Matheus Vieira de Andrade. A decisão foi tomada no último dia 30 e divulgada hoje, 3. O crime ocorreu no dia 13 de julho de 2013, no bairro Bonsucesso, em Fortaleza.

As vítimas foram surpreendidas com os tiros sem que houvesse discussão. O executor agiu em virtude de disputa pelo domínio do tráfico de drogas, além da rivalidade das facções. Silvano Paulino Anastácio corrompeu um adolescente a praticar os crimes em sua companhia. Os executores aproximaram-se das vítimas em via pública, conversaram, sacaram as armas e atiraram contra eles. Tony Alef e Carlinhos eram integrantes de uma facção criminosa rival. Os outros foram atingidos por estarem conversando com os dois.

De acordo com o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), o processo foi amparado pelo Projeto Tempo de Justiça após a elucidação do crime por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).