PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Vídeo: homem disfarçado de entregador de app de comida assalta garota em Fortaleza

O caso aconteceu no bairro Padre Andrade. Apesar de a vítima não ter apresentado queixa, o proprietário do veículo utilizado no crime foi localizado e encaminhado para prestar depoimento

22:02 | 01/08/2019
Vídeo circula nas redes sociais
Vídeo circula nas redes sociais(Foto: Reprodução)

Câmeras de segurança flagraram um assalto no bairro Padre Andrade, em Fortaleza, na manhã dessa quarta-feira, 31. No vídeo, um homem usando um bagageiro e camisa do iFood, empresa de entrega de comida, aparece em uma moto se aproximando de uma garota.

O assaltante aborda a menina e estende a mão, pedindo a mochila. A jovem resiste e corre um pouco, mas ele levanta da moto e puxa a bolsa da mão dela.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirmou que apesar da vítima não ter apresentado queixa, o proprietário do veículo utilizado no crime foi localizado e encaminhado à sede do 10º Distrito Policial. Em depoimento, ele afirmou que havia deixado a moto e o fardamento na casa de uma outra pessoa. O homem foi ouvido e liberado.

A Polícia Civil ainda investiga as informações prestadas no depoimento e orienta a vítima a comparecer ao 10º DP. A população também pode colaborar com as investigações repassando informações que ajudem a chegar até o suspeito.

Em nota ao O POVO Online, assessoria do iFood informou que que o motociclista estava cadastrado como entregador na plataforma, mas que não realizou qualquer entrega no dia da ocorrência, além de ressaltar que a conduta não representa os valores da empresa.

O iFood ainda endossou que exige rigorosos padrões de conduta para os parceiros e que ao receber qualquer tipo de relato é feita a apuração da ocorrência. Caso comprovada, as medidas cabíveis são tomadas.

Confira vídeo:

Leia a nota do iFood na íntegra:

"O iFood esclarece que esse tipo de conduta não representa os valores da empresa e entende que tampouco representa a categoria de entregadores, que encontrou na prestação de serviço via aplicativos uma oportunidade de geração de renda. No caso citado, a empresa informa que o motociclista estava cadastrado como entregador na plataforma, mas não realizou qualquer entrega no dia da ocorrência.

A empresa esclarece que os parceiros de entrega atuam de forma independente e, ao solicitar cadastro, passam por um processo de análise e validação de documentos para que possa utilizar a plataforma. O iFood reforça que exige de seus parceiros, sejam eles restaurantes, entregadores ou outros fornecedores, os mais rigorosos padrões de conduta. Sempre que recebe qualquer tipo de relato, apura as ocorrências e, quando comprovada a má conduta, toma as medidas cabíveis."