Participamos do

Homem é preso suspeito de participar do latrocínio contra sargento da PM no Siqueira

Comparsa de acusado também foi capturado por mandado de prisão em aberto; outras três pessoas
10:10 | Jul. 15, 2019
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um homem foi preso nesse domingo, 14, suspeito de participar do latrocínio contra Alveni da Silva, 49, sargento da Polícia Militar. Um comparsa dele em outras ações criminosas também foi capturado por força de um mandado de prisão em aberto por roubo. Um revólver calibre 32 utilizado no crime contra o PM foi apreendido. Mais detalhes da operação serão divulgados na manhã desta segunda-feira, 15, em entrevista coletiva. 

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o sargento Alveni estava em sua moto na Estrada do Jatobá, no bairro Siqueira, quando foi surpreendido por quatro homens em um veículo. Alveni reagiu à ação dos suspeitos e foi alvejado com dois tiros, um no abdômen e outro na cabeça. A arma do policial foi levada pelos criminosos.

Conforme a SSPDS, o sargento é o primeiro agente de segurança pública vítima de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em 2019.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O militar ingressou na Polícia Militar no dia 18 de outubro de 1993. Atualmente, estava lotado na 1ª Companhia do Batalhão de Policiamento de Guarda Externa de Presídios (BPGEP). A SSPDS e todas as suas vinculadas, em especial a PMCE, demonstraram solidariedade com a família do policial.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags