PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Armeiro preso com 35 armas tinha revólveres com mais de 80 anos

Homem de 63 anos foi preso no bairro Luciano Cavalcante

12:14 | 12/07/2019
Algumas armas apreendidas tinham mais de 80 anos
Algumas armas apreendidas tinham mais de 80 anos(Foto: Deisa Garcêz)

Investigação iniciada no município de Parambu, a 409 km de Fortaleza, terminou com a prisão de um armeiro no bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, na manhã de quinta-feira, 11. Com o homem, de 63 anos, os agentes da Polícia Civil encontraram 35 armas, entre fuzis, pistolas, carabinas, revólveres e espingardas. Os policiais encontraram ainda 400 munições e 14 lunetas militares. De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso, entre o material apreendido havia inclusive relíquias de armas, como uma Colt Huntsman .22, com mais de 50 anos de fabricação, e revólveres com mais de 80 anos. 

De acordo com o delegado William Lopes, adjunto do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI-Sul), os agentes tentavam localizar uma arma específica como parte de investigação da Delegacia de Parambu e acabaram chegando ao arsenal, em Fortaleza. Com mandado de busca e apreensão emitido, os policiais foram ao endereço do armeiro e constataram irregularidades na posse dos equipamentos. Preso em flagrante, ele deve responder por posse ilegal de arma de foto de uso permitido e de uso restrito, além de crime de contrabando e de descaminho (irregularidade no pagamento de tributos). 

Conforme Rattacaso, todo material será enviado a peritos, que devem precisar a origem e o uso das armas. Os registros serão submetidos aos bancos de dados Sistema de Gerenciamento Militar de Armas (Sigma) e Sistema Nacional de Armas (Sinarm) para chegar aos proprietários. "À primeira vista, tem muita arma antiga, o que denota armas de coleção, como uma pista Colt, uma carabina de caça e algumas pistolas e revólveres antigos, com mais de 80 anos", disse. 

Igor Cavalcante