PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Em prisão domiciliar há um mês, mulher é presa por tentativa de latrocínio contra professor da UFC

Vítima sofreu os disparos dentro de um mercantil na tarde dessa terça-feira, 25.

13:20 | 27/06/2019

A partir de imagens capturadas por câmeras de segurança, Andressa Hyverne Silva da Costa, 31, foi identificada como uma das participantes da tentativa de latrocínio contra um professor da Universidade Federal do Ceará (UFC). A mulher foi presa no bairro Passaré, em Fortaleza, na tarde desta quarta-feira, 26. O crime foi na manhã do dia anterior. Cocaína, crack e maconha foram encontrados numa residência usada como ponto para venda de drogas, no mesmo bairro onde ocorreu a prisão. A mulher cumpre prisão domiciliar há um mês.

“Todas as testemunhas reconheceram a Andressa como a mulher que ficou na porta do estabelecimento durante toda a ação delituosa”, afirma Ana Scotti, delegada do 11° Distrito Policial. De acordo com as investigações, enquanto ela aguardava, um homem entrou no local e fez os disparos contra o docente. Nada foi roubado da vítima. Andressa e o comparsa, ainda não identificado, praticaram a ação delituosa por volta das 11 horas.

A mulher foi autuada por tentativa de latrocínio, associação criminosa e tráfico de drogas. As investigações estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do 11° Distrito Policial e do Departamento de Inteligência da Polícia.

O professor ainda não depôs à Polícia. A vítima está internada no Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro, onde passou por exames e cirurgias. A delegada Ana Scotti afirmou que deve ir à unidade hospitalar para saber a situação do docente.

Como a investigação está no início, não dá para fazer associação do caso com outros crimes, destaca Rodrigo Jataí, delegado do DHPP. Porém, ele diz que o professor deve ser questionado pela Polícia sobre uma investigação contra ele. De acordo com os delegados, um carro, no nome do professor, foi utilizado há alguns anos para consumação de um homicídio.

Redação O POVO Online