PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Fundação Demócrito Rocha renova parceria com TCE para curso de formação de gestores municipais

A experiência já está na terceira edição e mescla atividades presenciais com educação a distância

15:37 | 10/04/2019
João Dummar Neto e Edilberto Carlos Pontes Lima assinaram o contrato para firmar a parceria nesta quarta-feira, 10.
João Dummar Neto e Edilberto Carlos Pontes Lima assinaram o contrato para firmar a parceria nesta quarta-feira, 10. (Foto: Mauri Melo/Mauri Melo)

O curso sobre gestão pública para prefeitos, secretários e servidores de municípios do Ceará promovida pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) em parceria com a Fundação Demócrito Rocha ganhará terceira edição. O contrato foi assinado pelo presidente do órgão, Edilberto Carlos Pontes Lima, e pelo representante legal da fundação, João Dummar Neto, nesta quarta-feira, 10. O objetivo é melhorar a formação dos gestores para lidar com as contas da administração pública.

“Quanto mais bem formados os gestores, menos erros teremos”, diz Edilberto. Para ele, a legislação que rege as finanças públicas é sofisticada e, muitas vezes, inspirada em experiências internacionais. O presidente reitera que além de fiscalizar as contas dos municípios, é papel do TCE repassar informações de como melhorar a gestão das cidades do Ceará. Ele avalia o resultado dos outros cursos como positivos, e por isso a decisão foi pela continuação da parceria com a fundação.

Serão apresentados os conceitos de política e gestão fiscal de municípios em videoaulas, materiais didáticos e encontros presenciais em Fortaleza. Além disso, o curso relembra as responsabilidade dos gestores, bem como as penalidades administrativas possíveis no caso de erros nas contas. Serão 1.100 kits pedagógicos distribuídos para os participantes do curso, a serem indicados pelo TCE

João Dummar Neto explica que o nível de qualificação de gestores influencia diretamente no resultado final de serviços oferecidos pelas cidades. Isso evita, segundo ele, problemas recorrentes que prefeituras têm com a administração no dia a dia. “Isso resulta em políticas públicas melhores, menos erros na execução dessas políticas e maior planejamento”, diz Edilberto.

Redação O POVO Online