PUBLICIDADE
Fortaleza
Chuvas

Em sábado de chuva, Fortaleza segue com pontos de alagamento

O POVO Online esteve no Jangurussu, Conjunto Palmeiras e Cajazeiras, locais onde foram apontadas vias alagadas

19:04 | 16/03/2019

Após a chuva que teve início na madrugada deste sábado, 16, O POVO Online esteve no Jangurussu, Conjunto Palmeiras e Cajazeiras, locais onde foram apontadas vias alagadas.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019:Alagamento em avenida do Conjunto Palmeira. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO).
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019:Alagamento em avenida do Conjunto Palmeira. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO). (Foto: Mauri Melo)

As ruas Margarida Queiroz e Tibúrcio Teixeira foram transformadas em uma espécie de lagoa. Os carros que transitavam nas proximidades evitavam a área, que fica entre dois condomínios, ambos afetados pelo alagamento. Os moradores relataram que no período de chuva a situação se repete.

Na rua A do Conjunto Ubiratan Aguiar, Cajazeiras, a água invadiu calçadas e os moradores de duplex colocaram os móveis no andar de cima.

"As comportas do açude Gavião beneficiaram o pessoal de classe alta e aqui só prejudicam a população das Cajazeiras. Da outra chuva fiquei com a minha filha na parte de cima (duplex), mas em outra vez fui para outra casa", relata dona Maria Claudinei, aposentada, de 53 anos.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019: Rua Margarida de Queiroz com a rua Tiburcio Pareira, no bairro Cajazeira. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO).
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019: Rua Margarida de Queiroz com a rua Tiburcio Pareira, no bairro Cajazeira. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO). (Foto: Mauri Melo)

A aposentada mora na rua A há aproximadamente 12 anos e relata que a situação se repete a cada quadra chuvosa. Na frente da escola de ensino médio Constança Távora, também localizada na rua A, era impossível passar a pé. A água tomou conta da entrada.

Nas proximidades da Avenida Governador Leonel Brizola, Jangurussu, os pontos de alagamento dificultavam a passagem de pedestres, ciclistas e das motos. Segundo os moradores, a situação se repete, agora, toda semana, quando chove.

No Conjunto Palmeiras e no bairro São Cristóvão os pontos de alagamento estavam nas principais vias. Os canais estavam com fluxo de água maior que o normal, o que atraia os moradores e curiosos para olhar e até nadar. 

FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019: Rua no bairro São Cristovão. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO).
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16-03-2019: Rua no bairro São Cristovão. Várias ruas da periferia de Fortaleza, estão alagadas devido as chuvas caidas em Fortaleza. (Foto: Mauri Melo/O POVO). (Foto: Mauri Melo)

Jéssika Sisnando