PUBLICIDADE
Notícias

Quatro suspeitos de envolvimento em ataque ao metrô da Parangaba são detidos

As prisões e apreensões foram realizadas na madrugada desta sexta-feira, 11

18:01 | 11/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]
Quatro pessoas foram detidas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) na madrugada desta sexta-feira, 11, sob suspeita de envolvimento em ataque ao metrô na Parangaba. Dois deles são adolescentes de 15 e 16 anos e foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), conforme informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
 
[VIDEO1] 
[SAIBAMAIS] Os maiores de idade, identificados como David de Lima Araújo, o "Caçador", e Giovani Melo da Silva, mais conhecido como  "Irmão Gordão", já respondem por organização criminosa, dano qualificado, explosão consumada e corrupção de menores. Ambos têm 21 anos. O flagrante foi realizado na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco).
 
De acordo com a SSPDS, a Polícia conseguiu chegar aos acusados com apoio de denúncias feitas pela população, por meio de mensagens enviadas ao WhatsApp da Draco. "Caçador" tinha mandado em aberto por associação criminosa, corrupção de menores, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Já o "Irmão Gordão" não tinha passagem pela Polícia.
 
O caso aconteceu na quinta-feira, 10, quando a base estrutural por onde passa a Linha Sul do Metrô da Capital foi explodida. Os reparos na estrutura já foram realizados.
 
Uma empresa de polpas de frutas localizada a poucos metros do local teve partes da estrutura comprometidas, após a explosão. Na parte externa, metade do portão da casa caiu e algumas telhas ficaram quebradas. Já dentro do empreendimento, freezers e vidros foram quebrados pelo impacto da explosão.
 
Denúncia
 
A SSPDS ressaltou que a população pode contribuir com investigações de crimes, fazendo denúncias pelo número 181, que é o Disque-Denúncia da pasta. Também é possível repassar informações para o número (85) 98969-0182, que é o WhatsApp da Draco. O sigilo é garantido.
TAGS