PUBLICIDADE
Fortaleza
Ataques

Polícia Militar do Ceará realiza 45 blitze neste domingo

A PM deve mais que duplicar os pontos de verificação em Fortaleza, a partir das 7 horas da manhã de domingo, 6, nos principais corredores da Capital, incluindo as vias de acesso. Não foram encontrados materiais suspeitos

22:19 | 05/01/2019
As blitze de barreiras realizadas à tarde e à noite deste sábado, 5, pela Polícia Militar em pontos estratégicos não localizaram materiais suspeitos que poderiam estar relacionados à onda de ataques em Fortaleza. Segundo o coronel da PM George Benício, comandante do Policiamento da Capital, foram 20 os pontos escolhidos para a fiscalização. "Não foi apreendido nenhum artefato explosivo, nada perigoso. O que aconteceu foi apreensão de veículos por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro", diz. No domingo, o número de blitze mais que dobram: serão 45 os pontos de fiscalização da PM.
 
Neste domingo, 6, serão realizadas 45 blitze durante todo o dia,  divididas em três turnos, começa às 6 horas da manhã e finaliza 1 hora da manhã de segunda, 7.
 
O coronel conversou com O POVO em frente à Lagoa da Maraponga, um dos locais estratégicos, segundo ele, escolhidos para a fiscalização. A blitz acontece em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE). A localização das batidas policiais, de acordo com o coronel, é definida por meio de estudos sobre os pontos estratégicos na Cidade, considerando, principalmente, locais de entrada e saída da Capital.

Desde as 6 horas da manhã de ontem, ainda de acordo com o comandante, a Polícia Militar esteve rodando a cidade, seja em viaturas da PM ou dentro de cada um dos 109 ônibus que circularam por Fortaleza, em dois turnos. Durante a rota dos Corujões, os policiais acompanharam os veículos de dentro das viaturas. “Não houve problemas hoje e o fato de não ter problema mostra que estamos no caminho certo”, aponta. Além dos ônibus de Fortaleza, quatro linhas da Região Metropolitana, sendo duas de Caucaia e duas de Maracanaú, também foram escoltadas pelos homens da PMs. 

As ações de segurança estão sendo operadas, ainda de acordo com o comandante, pelo Batalhão de Choque, pelas unidades do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), Comando Tático Motorizado (Cotam), Canil da PM, Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Cavalaria da PM.