PUBLICIDADE
Fortaleza
ONDA DE VIOLÊNCIA

Mais de 40 prisões e apreensões relacionadas a ataques já foram realizadas

A informação é do comandante da Polícia Militar no Ceará

09:02 | 04/01/2019

A Polícia já realizou mais de 40 prisões e apreensões relacionadas aos ataques que acontecem em vários municípios do Ceará desde a noite de quarta-feira, 2. A informação é do comandante da Polícia Militar no Estado, tenente-coronel Alexandre Ávila. Ele foi entrevistado no programa O POVO no Rádio, na Rádio O POVO CBN, nesta sexta-feira, 4.

Segundo o comandante, durante a madrugada, as ações criminosas foram concentradas na Região Metropolitana de Fortaleza. Além das prisões e apreensões, ele afirmou que a Polícia se antecipou a ações "de forma efetiva". "Houve decréscimo de ações em relação aos dias anteriores", frisou. 

Ávila afirmou que haverá hoje uma reunião com o secretário da Segurança Pública, André Costa, "para fazer avaliação completa e um parecer" sobre a necessidade de atuação das forças federais para atuação no Estado.

"A PM tem se engajado nas operações de policiamento. Policiais de folga estão trabalhando. O governador determinou a imediata apresentação de 373 policiais, as atividades administrativas estão reduzidas para que se coloque mais policiamento nas ruas. Estamos em contato direto com o Sindiônibus, por conta de reorganização das escoltas (dos coletivos)", listou o comandante da PM cearense.

 

Redação O POVO Online