PUBLICIDADE
Notícias

Cinco ataques e uma apreensão registrados

Houve queima de veículos e explosivos apreendidos na noite de sábado, 19, e manhã de domingo, 20

14:59 | 20/01/2019
Pelo menos cinco ações criminosas foram registradas na Grande Fortaleza entre a noite de sábado, 19, e a manhã de domingo, 20, durante a onda de violência que atinge o Ceará. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), já são 400 pessoas presas por participação nos atos criminosos que se iniciaram no dia 2 de janeiro.

Na noite de sábado, quatro suspeitos tentaram incendiar posto de combustível localizado na CE-065, em Maracanaú. Uma das bombas do posto ficou danificada, e ninguém foi preso. Também durante a noite, um ônibus que faz a linha 629 foi queimado no Conjunto Palmeiras. As chamas foram intensas e danificaram completamente o veículo.

No bairro Antônio Bezerra, um taxista também foi alvo de ataque durante a noite. Segundo primeiros levantamentos, ele foi abordado por dois suspeitos que causaram pequenas avarias no pneu do carro. Não houve feridos e os criminosos fugiram.

Já pela manhã de domingo, houve outro incêndio, dessa vez tendo a topic que faz a linha 712 como alvo. O caso ocorreu por volta das 5h30min, no bairro Jangurussu; o veículo teve perda total. No Eusébio, um caminhão também foi alvo de incêndio durante a madrugada, em um galpão onde veículos estavam guardados. O crime ocorreu por volta de 1 hora.

Além dos ataques executados, também houve apreensão de materiais explosivos em um viaduto da BR-116, na cidade de Horizonte, na noite de sábado. As equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar chegaram ao local após denúncia anônima e removeram os dispositivos, que foram desativados. A Polícia Civil investiga o caso.
 
Redação O POVO Online 
TAGS