Participamos do

Mesmo com proibição, pessoas já demarcam espaço para guardar lugar no Réveillon de Fortaleza

No último dia 28 de dezembro, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) anunciou operação para evitar que a prática acontecesse neste ano
15:11 | Dez. 31, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1]Atualizada às 17h24
Mesmo com a proibição da Prefeitura de Fortaleza de demarcação de lugar no Aterro da Praia de Iracema para o Réveillon, grandes cercas afixadas na areia estão sendo encontradas no local. Valéria Costa chegou por volta das 12 horas desta segunda-feira, 31, e está guardando lugar para mais de 20 parentes e amigos.
[SAIBAMAIS]
Questionada, a doméstica afirmou ao O POVO Online que desconhecia a irregularidade da prática. "Eu não sabia que agora é proibido cerca. Até agora (14h30min) não vieram falar nada", comenta. Segundo a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). Deste total, 42 eram na faixa de areia. Um total de 26 fiscais e 110 auxiliares atuam na área.  

No último Réveillon algumas pessoas chegaram mais cedo e acabaram colocando correntes e cercas em determinados locais da praia, impedindo a população de transitar na áreas demarcadas, segundo informou Neuvan Vasconcelos, diretor de operação da Agefis. 
 
A reportagem não percebeu a presença de agentes da Agefis fiscalizando as demarcações. Apenas funcionários deslocados para supervisionar os ambulantes foram percebidos. "Se chegarem [os agentes], tem que tirar a cerca, né", aponta Valéria. A doméstica comenta que está na expectativa para ver o show da cantora Marília Mendonça. 
 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags