PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Representantes do Ceará se reúnem no Reino Unido para discutir educação

65 governadores, parlamentares, especialistas, empresários e terceiro setor brasileiros debatem sobre os desafios da gestão de pessoas e da educação nos próximos quatro anos

14:59 | 30/11/2018
NULL
NULL(Foto: )
[FOTO1]Representantes brasileiros da área de administração pública estão desde o último domingo, 25, no Reino Unido, recebendo formações e fazendo debates na Universidade de Oxford sobre gestão pública e caminhos para a educação. Ao todo, 65 governadores, parlamentares, especialistas, empresários e terceiro setor participam do evento organizado pela Fundação Lemann, que vai até a esta sexta-feira, 30.

Do Ceará, estão presentes o secretário-chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista, a vice-governadora, Izolda Cela, o ex-prefeito de Sobral Veveu Arruda e o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Alessio Costa Lima. Durante o período em que estão na universidade, foram dois eventos, um de domingo a terça-feira e outro de quarta até esta sexta-feira. O primeiro focou na gestão pública e o segundo, na educação.

“A gente olhou experiências internacionais, o que estão fazendo em outros lugares do mundo”, conta Élcio Batista. “Educação é fundamental. (Estamos discutindo) o que a gente precisa, portanto, fazer para que a educação em todos os municípios se transforme em prioridade número 1”, afirma. Segundo Élcio, o desempenho da educação cearense tem sido destacado por representantes de outros estados e tido como exemplo. 

Este é o segundo ano que a Fundação Lemann convida o Ceará para esse evento. Conta com o apoio da Fundação Brava e da Blavatnik School of Government da Universidade de Oxford. Palestrantes como Barbara Bruns (Centro para o Desenvolvimento Global, EUA), Evan Marwell (CEO da Education Superhighway, EUA), Cristián Cox (ex-diretor do Programa de Melhoria de Qualidade e Equidade da Educação Básica no Ministério da Educação do Chile) e Ju-Ho Lee (ex-ministro da Educação, Ciência e Tecnologia, Coreia do Sul) participam do evento. 
 
Redação O POVO Online 

TAGS