PUBLICIDADE
Fortaleza
Agosto e setembro

Litoral cearense pode registrar rajadas de mais de 50 km/h durante período de ventos

Segundo a Funceme, nestes primeiros dez dias de setembro, as maiores rajadas de vento foram registradas em Itapipoca e Morada Nova

11:40 | 12/09/2018
Em Fortaleza, nas últimas 24 horas foram registradas rajadas de ventos de até 44,2 km/h
A temporada dos ventos no Ceará começou no último mês e impressiona pela força que as rajadas alcançam ainda em setembro. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as velocidades dos ventos podem chegar a superar 50 km/h, sobretudo no litoral.

A Funceme explica que o mês de agosto é o período em que as rajadas são mais fortes, porém, mesmo no Interior, onde a força dos ventos deve ser menor, cidades como Itapipoca e Morada Nova registraram pico de 59,04 km/h e 55,44 km/h, respectivamente. Os dados foram coletados neste mês, quando, em tese, a força dos ventos deveria começar a diminuir.
 
Litoral deve ter média de velocidades das rajadas de vento superior a 50 km/h (Foto: Evilázio Bezerra / O POVO)
 
 
A alta média de velocidade dos ventos é graças a maior intensidade dos ventos alísios sobre o oceano. O fenômeno é provocado pela alta pressão atmosférica no Atlântico Sul e que chegam até o continente, explica a Funceme.

Segundo números sistemáticos das Plataformas de Coleta de Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (PCDs do Inmet), nas últimas 24 horas as principais rajadas foram registradas em Quixeramobim com 50,4 km/h; Itapipoca com 46,8 km/h e Morada Nova com 44,6 km/h. Na Capital, a maior velocidade constatada foi de 44,2 km/h.

A Funceme ainda alerta que ventos com essa velocidade tem força de mover com risco de derrubar árvores de grande porte, além de provocar ondas mais altas no litoral.
 
Colaborou Ítalo Cosme

SAMUEL PIMENTEL