PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Servidora acusa secretário do Planejamento do Estado de agressão; ele nega

Sindicato realizou protesto nesta semana após a denúncia

13:46 | 29/09/2018
NULL
NULL(Foto: )
[FOTO1]
Foi realizado na manhã desta quinta-feira, 27, ato organizado por servidores da Secretaria de Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag). A presidente da associação de servidores da Seplag, Maria Carmelita Colares, está acusando o secretário Maia Júnior de agressão. Após lançamento de manifesto contra uma declaração do titular, a servidora diz que sofreu retaliação física quando saia do local de trabalho após o expediente, na terça-feira, 25.

Segundo o manifesto da associação, Maia Júnior teria criticado o plano de cargos e carreiras de analistas de planejamento e gestão durante o Congresso de Gestão de Pessoas e Exporh. O documento lançado pelos servidores na segunda-feira, 24, desaprova a posição, afirmando que ela é “desrespeitosa” com a categoria.
 
[FOTO2]
De acordo com Maria Carmelita, o secretário teria proferido ameaças à associação, dizendo que “não tem medo” dos servidores e que contrataria “o melhor advogado” para lidar com as manifestações. Depois disso, a mulher relata que Maia Júnior teria puxado o seu braço, o que causou, segundo ela, inchaço do tendão. Ela diz que se sentiu ameaçada pelas palavras do titular. Carmelita registrou boletim de ocorrência (B.O) na Delegacia da Mulher e realizou exame de corpo de delito. 

Ao O POVO Online, Maia Júnior declarou que não houve agressão. O secretário afirmou que acredita que o caso se trata de “reações naturais de mudança”. “São inconformismos que a gente tem que superar”.
 
Redação O POVO Online

TAGS