PUBLICIDADE
Fortaleza
CUIDADOS COM A PELE

Índice de radiação ultravioleta no Ceará nesta semana pode causar danos extremos à saúde

O meteorologista da Funceme Raul Fritz explica que o IUV é comum e recorrente durante todo o ano no Estado. Os altos índices dessa época devem durar até outubro ou novembro

15:00 | 12/09/2018
(Foto: Nasa/Fotos Públicas)
 
Fortaleza e grande parte dos municípios do Ceará registram altos índices de radiação ultravioleta (UV) nesta semana, conforme previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Até o sábado, 15, o Estado deve chegar a Índice Ultravioleta (IUV) de 11, numa escala de 1 a 16. No domingo, o IUV pode chegar a 12. 

Valores acima de 11 são considerados de danos extremos à saúde. Além disso, quanto mais próximo à linha do Equador, maior o índice de radiação. De acordo com o Inpe, não há necessidade de proteção especial em valores abaixo de 2. Mesmo assim, é indicado evitar se expor ao sol nas horas próximas ao meio-dia. Cerca de 20% a 30% da quantidade de energia UV chega a Terra em torno do meio-dia (entre 11 horas e 13 horas), e cerca de 70 a 80% entre as 9 horas e 15 horas. 
Escala do Índice de Radiação Ultravioleta (Foto: reprodução/ Inpe)

Meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Raul Fritz explica que o IUV é comum e recorrente durante todo o ano no Estado. Os altos índices dessa época devem durar até outubro ou novembro, de acordo com ele. 
 
Proteção 
 
Para se proteger da radiação ultravioleta, o especialista aconselha evitar ao máximo exposição solar no horário entre 10h e 15 horas. Além disso, é importante fazer uso de filtro solar, óculos de sol com filtro UV, blusa de manga longa, chapéu, entre outros cuidados. 
 
Redação O POVO Online