PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Mulher suspeita de aplicar golpe da cirurgia plástica tem prisão em flagrante convertida em preventiva

23:07 | 29/08/2018

Maria Josilene Boris Vasconcelos, de 32 anos, presa suspeita de aplicar golpe da cirurgia plástica na última quarta-feira, 22, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva pela Justiça. A decisão foi tomada após o pedido da Polícia Civil com o parecer favorável do Ministério Público (MP). 

 

Josilene é suspeita de aplicar golpe em mais de 30 mulheres que buscavam cirurgias plásticas. O golpe, de acordo com delegado Renê Andrade, rendeu um prejuízo de aproximadamente R$ 100 mil. A maioria das vítimas conheceu a mulher por meio de amigas. Ela chegava a pedir indicação de pessoas e oferecia desconto caso trouxessem clientes.

O caso que está sob investigação do delegado Renê Andrade segue em andamento. Apesar da prisão de Josilene, outras pessoas seriam indiciadas. Ela afirmava que era funcionária do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e conseguia preços baratos para cirurgias plásticas. 

Várias mulheres depositaram valores e foram enganadas, pois as cirurgias não aconteciam. A denúncia inicial foi realizada pelos médicos que tinham os nomes utilizados por Josilene.

 

Redação O POVO Online

TAGS