Cearense integra equipe que ganhou bronze na Olimpíada Internacional de LinguísticaNotícias de Fortaleza 

PUBLICIDADE
Notícias


Cearense integra equipe que ganhou bronze na Olimpíada Internacional de Linguística

Em entrevista ao O POVO Online, Catarina ressaltou a importância da psicóloga na delegação, que manteve a equipe mentalmente bem para os desafios da competição

21:51 | 02/08/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
A 20ª Olimpíada Brasileira Internacional de Linguística, disputada na cidade Praga, na República Checa, teve Brasil no pódio na modalidade individual e por equipe. A cearense Catarina Oliveira, de 16 anos, esteve na equipe que ganhou bronze na disputa ao lado de República Checa e Reino Unido. Além da cearense, representaram a equipe brasileira os jovens João Henrique, de 15 anos, Gustavo Palote, de 17 anos, e Ana Luiza, de 18 anos. A edição contou com 192 alunos pertencentes a 48 equipes de cerca de 40 países.
 
Em entrevista ao O POVO Online, Catarina diz que o resultado brasileiro foi bem superior ao que ela esperava. "Minha equipe era bem boa porque conseguiu se concentrar. Enquanto faziamos os exercícios, brincávamos e deu pra relaxar", explica a estudante do 2º ano do ensino médio.
[SAIBAMAIS] 
Segundo ela, as brincadeiras ajudavam a equipe. Ela diz que a delegação foi acompanhada por uma psicóloga, que ressaltou a importância de estar mentalmente bem para os desafios da competição. Assim, diz Catarina, eles cantavam e contavam piadas.
 
Estudante do Fárias Brito, ela diz que o colégio a incentiva a participar destas disputas. Ela já disputou as Olimpíadas Brasileiras de Astronomia, Matemática, Física, Biologia e Nacional de História do Brasil, além das organizadas pela própria instituição de ensino. Embora tenha na bagagem competições em diferentes áreas, ela diz que a área predileta é a Linguística. Pretende, inclusive, prestar vestibular na área. 

Outros resultados
 
Seis medalhas por equipes:
 
Três bronzes: Brasil, República Checa e Reino Unido
 
Duas pratas: Bulgária e EUA
 
Um ouro: EUA (outra equipe)
 
Individuais
 
60 medalhas, sendo 13 de ouro, 17 de prata e 30 de bronze. O carioca João Henrique Fontes, 15, faturou medalha de prata; Gustavo Palote, de 17 anos, paranaense, ficou com um bronze e o baiano Pedro Marinho, 16, recebeu uma menção honrosa.
TAGS