PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Fim das aulas práticas noturnas facilitaria processo para tirar CNH, aponta diretor do Sindcfcs-CE

No Estado, o Sindcfcs-CE conseguiu que o início do período noturno fosse considerado a partir das 17 horas

12:11 | 10/08/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1]
A insegurança, burocracia, custos elevados e questões sociais são as justificativas para pedir o término da obrigatoriedade das aulas noturnas de práticas de direção. Foi o que frisou o diretor jurídico Alisson Maia, do Sindicato das Autoescolas do Estado do Ceará (Sindcfcs-CE).
 
[SAIBAMAIS]
O diretor jurídico ressalta que a medida facilitaria o processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “A sociedade, instrutores e autoescolas ficam ansiosos para o término dessa questão, pois acreditam que tudo isso iria desburocratizar e diminuir os riscos para obter a CNH”.
 
A petição é um antigo desejo da categoria de instrutores e proprietários das autoescolas, que se intensificou após as recentes manifestações no Rio de Janeiro, alegando insegurança pública. 
 
Segundo Alisson, no Ceará, são exigidas cinco aulas noturnas de carro e quatro de moto para tirar a primeira habilitação. No caso do carro, elas podem ser substituídas pelo uso do simulador de trânsito, mas mesmo assim o candidato deve ter uma aula noturna de prática em vias públicas.
 
No Estado, o Sindcfcs-CE conseguiu que o início do período noturno fosse considerado a partir das 17 horas, mas de acordo com Alisson, a carga horária é extensa e as aulas podem terminar após as 21 horas. 
 
O sindicato solicitou ao Detran que não seja exigida a realização das aulas noturnas, tendo em vista que está em trâmite na Câmara do Deputados o PL 2056/11, que revoga a realização de parte das aulas de direção em período noturno, além de determinar que os locais de aprendizagem estabelecidos pelo órgão executivo de trânsito sejam dotados de condições adequadas de higiene, saúde e segurança para os instrutores e aprendizes.
 
Redação O POVO Online
TAGS