PUBLICIDADE
Notícias

Camilo entrega 3ª unidade de segurança em menos de uma semana

Questionado sobre a entrega de Unisegs ainda em obras, o governador indagou: "Qual o problema?"

14:00 | 03/07/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Em mais um ato da maratona de inaugurações enquanto o prazo não termina, o governador Camilo Santana (PT) entregou na manhã desta terça-feira, 3, a 10ª Unidade Integrada de Segurança (Uniseg), na Praça do Sítio São João, bairro Jangurussu. As obras, entretanto, não estão concluídas. Enquanto isso, a sede fixa da Uniseg funcionará no 16º Batalhão da Polícia Militar, em Messejana.
 
Camilo foi questionado, durante a solenidade, sobre a entrega de obras mesmo que inacabadas do programa. "Qual o problema? O importante é o aumento e a presença de policiais na unidade", afirmou o governador.

O aumento do contingente de policiais militares da região é uma das principais características da ação. Os bairros contemplados pela 10ª Uniseg serão Jangurussu e Conjunto Palmeiras, contando com 226 policiais. Além disso, onze viaturas, nove motos e uma base móvel comunitária farão parte do patrulhamento. Deve ser integrado o trabalho da Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros em uma menor área de atuação, que antes era composta por 13 bairros. 

[SAIBAMAIS]Em corrida de inaugurações, esta é a terceira Uniseg que Camilo entrega em menos de uma semana. Devido às restrições para gestores pré-candidatos nas eleições deste ano, o governador só poderá participar de entregas de obras públicas até este sábado, 7. Para ele, não há pressa no calendário e as inaugurações seguem planejamento definido anteriormente, sendo influenciado por editais de contratação de efetivo, licitações e compra de armas e viaturas. 
[FOTO2]
A 8ª Uniseg, situada no Jardim das Oliveiras, foi entregue na quinta-feira, 28, também com obras incompletas. Até o final da semana, mais três unidades devem ser entregues pelo governador. De acordo com André Costa, secretário da Segurança Pública e Defesa Social, os próximos bairros contemplados são Barra do Ceará, Edson Queiroz e Cristo Redentor. Segundo ele, reduções de homicídios e roubos são percebidas em maior quantidade nas áreas que já existem Unisegs há mais tempo. 
TAGS