PUBLICIDADE
Fortaleza
RELIGIÃO

Pão é distribuído em homenagem a Santo Antônio; festa termina com procissão no Centro

16:40 | 13/06/2018
(FOTO: Tatiana Fortes)
A Igreja do Santuário Sagrado Coração de Jesus teve, nesta quarta,13, um dia inteiro com programação em homenagem a Santo Antônio. A data, 13 de junho, é simbólica por ser o aniversário de morte do santo. Segundo o frei Aluízio Albuquerque, as celebrações começaram com uma trezena no dia 1º de junho e seguem até o dia do santo. “São treze dias dedicados a Santo Antônio. No dia 13, começamos  com a missa às sete da manhã. Em seguida, temos outra celebração às 16 horas e, por último, às 18 horas com a saída da procissão pelas ruas do Centro", diz o sacerdote. Após a missa das 7h, foram distribuídos na igreja o pão de Santo Antônio.

Os devotos de Santo Antônio partilham o pão como sinal de caridade, para agradecer a alguma graça alcançada ou para receber alguma graça. Além disso, alguns guardam o pão de Santo Antonio em potes de farinha, de açúcar ou na despensa, durante todo o ano, para que não falte comida em casa. São diversas histórias e tradições sobre o santo, conhecido como muito caridoso. 

Segundo o site franciscano.org.br, a história seria a seguinte: “Antônio comovia-se tanto com a pobreza que, certa vez, distribuiu aos pobres todo o pão do convento em que vivia. O frade padeiro ficou em apuros, quando, na hora da refeição, percebeu que os outros frades não tinham o que comer: os pães tinham sido roubados. Atônito, foi contar ao santo o ocorrido. Este mandou que verificasse melhor o lugar em que os tinha deixado. O Irmão padeiro voltou estupefato e alegre: os cestos transbordavam de pão, tanto que foram distribuídos aos frades e aos pobres do convento. Até hoje, na devoção popular o 'pãozinho de Santo Antônio' é colocado, pelos fiéis nos sacos de farinha, com a fé de que, assim, nunca lhes faltará o de que comer. Através de Santo Antônio, Jesus continua a realizar o grande milagre da multiplicação dos pães". 

Apesar de ser mais conhecido como "Santo Casamenteiro", segundo seus devotos, o santo opera milagre em outras áreas. É o que conta a professora Maria Fontenele. "Eu pedi a Santo Antônio que me ajudasse a comprar minha casa própria e prometi ajudar nos pães dos pobres. Hoje, vim somente agradecer. Consegui comprar meu apartamento e já contribuí para distribuição dos pães", explica.
 
Apesar da festa de Santo Antônio ser finalizada no dia 13 de junho, durante todo o ano, às terças-feiras pela manhã, um grupo de mulheres denominado "Liga do Pão dos Pobres de Santo Antônio" realiza a distribuição de pães após a missa. Segundo a coordenadora do grupo, Mazinha Chagas, essa doação é feita há mais de 50 anos e torna-se especial no dia do santo. "Eu fui agraciada por Santo Antônio. Quando era jovem, pedi que ele me desse um emprego e prometi que, se a graça fosse alcançada, ajudaria com pães por um ano. Em pouco tempo, consegui o emprego, permaneci por 30 anos trabalhando, me aposentei e agora estou aqui. Ele foi um defensor dos pobres, pregou a caridade e é o que hoje faço". De acordo Mazinha,120 idosos cadastrados pelo grupo recebem os pães durante a distribuição.
 
Programação desta terça

Santuário  Sagrado Coração de Jesus -  Av. Duque de Caxias, 135 - Centro

Santa Missa - 16h

Santa Missa -18 horas

Após a missa das 18 horas, será realizada a procissão com a imagem do santo pelas ruas do Centro de Fortaleza. 

INGRID THAIS