PUBLICIDADE
Notícias

Outro jovem morto após descarga elétrica, caso Giselle e morte de PM são destaques da semana

13:18 | 16/06/2018
NULL
NULL
Nova morte de jovem enquanto usava celular carregando na tomada foi registrada nessa semana. Caso acontece seis dias depois de adolescente morador de Tianguá, interior do Ceará, também sofrer choque por estar utilizando o celular enquanto recarregava. Casos acendem sinal de alerta nos usuários de smartphones.

Na semana, o governador Camilo Santana (PT) anunciou que os servidores do Estado receberão a 1ª parcela do 13º salário no próximo dia 6 de julho. A violência foi o destaque negativo nos últimos dias após morte de Giselle Távora Araújo, 42, morta durante ação policial que confundiu carro em que estava com de assaltante.

Confira os destaques dessa semana (9/6 a 15/6)


[FOTO1]
O policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, foi morto na madrugada do último dia 9, no fim de Linha do bairro de Santa Cruz. Segundo informações da Polícia Militar, o policial passava pelo local em um veículo Onix, quando foi cercado por indivíduos da região que efetuaram disparos de arma de fogo. O cabo Gonzaga reagiu, mas foi atingido e não resistiu aos ferimentos.  

Segundo informações de policiais, o militar saiu, em companhia de um pedreiro, conhecido por "Jai", que era seu vizinho, quando foi abordado por três traficantes de drogas do bairro - conhecidos por Choquito, Keka e Leno - e executado. O policial teria sido morto com requintes de crueldade, tendo a língua, orelhas e mão direita decepados, os olhos e mandíbula arrancados, além de receber vários tiros na cabeça.


[FOTO2]
Como forma de protesto pela situação do País no que se refere à corrupção, moradores de Teresina resolveram decorar a rua para Copa do Mundo com as cores da Argentina. O caso aconteceu no bairro Real Copagre, na zona Norte de Teresina.

O tradicional verde e amarelo foi substituído pelo azul e branco da Argentina, eterna rival do Brasil dentro e fora do mundial de futebol. "A gente estava querendo fazer um protesto por conta das coisas ruins que estão acontecendo no país. Falei com a comunidade e nós resolvemos torcer pela Argentina”, disse Raimundo, um dos responsáveis pelo ato.



[VIDEO1]
 
Os servidores públicos do Estado do Ceará receberão a primeira parcela do 13º salário no próximo dia 6 de julho. O benefício contemplará funcionários da ativa, aposentados e pensionistas. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana (PT), na tarde desta terça-feira, 12, em transmissão ao vivo realizada pelo seu perfil no Facebook.

Na data, os servidores receberão 50% do 13º salário. O prazo para pagar a primeira parcela, de pelo menos 40% do 13º, é 30 de novembro, mas a antecipação tradicionalmente é feita pelo Estado. A segunda parcela, de 60%, é paga, por lei, até o mês de dezembro. 

 
[FOTO3]  
Emoção, saudade e indignação marcaram a despedida da universitária Giselle Távora Araújo, 42, morta na última segunda-feira, 11, durante perseguição policial. Familiares e amigos se reuniram na manhã desta quarta-feira, 13, para enterrar a ente querida. 
 
“Giselle deixou de ser mãe, de ser mulher, de ser amiga, de ser dona de casa, para ser mais uma estatística”, lamentou a prima Liduína Távora, 65, em discurso durante o enterro. “Qual a cor do carro agora que nós temos que andar? Qual a cor da nossa liberdade?”, protestou. Giselle foi morta após ter seu carro, um HB20 branco, confundido com um veículo roubado em uma perseguição policial. Um PM disparou tiro que atingiu pulmão da universitária.

Giselle estava com a filha de 19 anos no carro do momento do ocorrido. Versão da Secretaria de Segurança e da testemunha do crime são contrastantes. Enquanto a Polícia diz que a mulher fora sinalizada, mas empreendeu fuga, a família afirma que os policiais atiraram quando o carro parou no semáforo. 


[FOTO4]
Socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que fez selfie durante atendimento foi demitido nesta segunda-feira, 11. A foto foi feita no dia 8 de maio, em Alto Santo, município distante 241 quilômetros de Fortaleza. 

Manoel Ferreira Gomes, 39, que era funcionário terceirizado do Samu, fez o registro durante socorro a vítima de acidente automobilístico. O procedimento era feito por profissionais da Unidade de Suporte Avançado (USA), já no hospital local. O POVO Online informou à época que se tratava de reanimação da vítima após parada cardiorrespiratória.

Manoel frisou que o paciente não mais estava em seus cuidados, mas sim dos colegas da USA. "A vítima nem foi identificada, o rosto dele não apareceu. Ele, que estava acompanhado do irmão, já estava no hospital, quando a foto foi feita. Eu só estava auxiliando", conta.



[FOTO5]
Os Mercadinhos São Luiz foram condenados a indenizar cliente que passou por constrangimento após apresentar uma nota considerada falsa durante compra no estabelecimento. O ocorrido aconteceu no estabelecimento da avenida Barão de Studart, em setembro de 2016. A decisão é da 3ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua (FCB). 

O cliente apresentou uma nota de R$ 100,00 para pagar a compra, a qual foi recusada pela atendente do caixa sob a alegação de ser cédula falsa. A atitude foi contestada pelo consumidor, que afirmou ter tirado a nota de caixa eletrônico. Em seguida, outro funcionário do supermercado também declararou em voz alta que a nota era falsa e a sua recusa. Ao solicitar uma declaração do estabelecimento sobre a rejeição, ela foi negada pelo gerente. O comprador afirma que o episódio gerou constrangimento para ele, pois houve inquietação em outros que presenciaram a cena. Na ocasião, chamou a polícia e abriu uma ocorrência. Após o incidente, entrou com uma ação na justiça por danos morais. 


[FOTO6]
Lucas Jean Marsola, de 22 anos, estava utilizando o celular enquanto conectado na tomada para jogar, na tarde de quinta-feira, 14. Foi então que o jovem recebeu a descarga elétrica e desmaiou. Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu. Lucas morreu na madrugada desta sexta-feira, 15, depois de diversas paradas cardíacas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o jovem teve os primeiros-socorros ainda em casa. Ele foi levado para o pronto-socorro municipal em estado grave. Lucas chegou a ter nove paradas cardíacas devido à magnitude da descarga elétrica que recebeu.



[FOTO7][
A Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente de Formosa, cidade de Goiás, indiciou uma mulher de 22 anos por facilitar o estupro do filho, bebê de um ano e oito meses. A criança apresentava ferimentos no ânus e foi encaminhada ao Hospital Materno Infantil de Brasília, onde foi constatado o crime, com ajuda da perícia.

De acordo com o portal UOL, a polícia afirmou que o namorado da mulher, de 36 anos, era quem praticava os crimes. Ela procurava ele em busca de drogas, e não evitava os abusos ao filho. Os dois serão indiciados por estupro de vulnerável. O homem tentou fugir, mas foi preso no dia 24 de maio. 


Redação O POVO Online
TAGS