PUBLICIDADE
Notícias

Alça da rotatória da Aguanambi será bloqueada por cerca de 20 dias, a partir deste sábado

Motoristas que trafegam pela Eduardo Girão devem passar a utilizar desvio a caminho da BR-116 a partir deste sábado, 9

22:17 | 08/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
 
Para viabilizar a readequação do pavimento na rotatória da avenida Aguanambi, quem trafega pela Eduardo Girão no sentido Rodoviária/BR-116 não poderá mais entrar na alça de acesso à rotatória. A interdição acontecerá a partir deste sábado, 9, devendo durar por cerca de 20 dias. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) darão suporte operacional à intervenção. As informações são da assessoria da AMC.

A sugestão de desvio, apontada pela AMC, para quem trafega pela Eduardo Girão em direção à BR-116 é entrar à esquerda na rua Dep. Oswaldo Studart, à direita na Graciliano Ramos, à esquerda na Martinho Rodrigues e à direita na avenida 13 de Maio. Pontos de operação serão montados para permitir que os deslocamentos sejam realizados sem maiores transtornos.

Outra opção sugerida pelo órgão para quem circula na Eduardo Girão é dobrar à direita na Dep. Oswaldo Studart, seguir pela João Araripe, à esquerda na Francisco Lorda, à direita na Eng. Edmundo Almeida Filho, à esquerda na 13 de Abril, à esquerda novamente na Via Láctea e à direita na Borges de Melo.

Sobre as intervenções

A obra de requalificação da avenida Aguanambi está com 85% de execução e possui entrega prevista para julho deste ano. Quando concluídos os serviços, a avenida será alargada, passando a contar com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma delas localizada junto ao canteiro central, exclusiva para o transporte público.
 
Dentre as intervenções previstas no projeto, já foram concluídas as obras de construção de um viaduto sobre a rotatória, uma passarela com elevadores para pedestres e toda a rede de drenagem e ampliação do canal existente na via.

A obra contempla ainda a implantação de novas calçadas, ciclovias, paisagismo, estações junto ao canteiro central e novas praças. As obras fazem parte do corredor expresso Messejana/Centro, cujo projeto prevê o acesso expresso do centro da cidade até o Terminal de Messejana.
 
Redação O POVO Online 
TAGS