PUBLICIDADE
Notícias

Mais de mil documentos de identidade estão esquecidos na Casa do Cidadão

Se quem solicitou a carteira não for pegar até o fim do ano, os documentos serão incinerados pela Secretaria de Justiça e Cidadania

10:21 | 14/05/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Emitidas desde 2015, cerca de mil carteiras de identidade estão empilhadas na sede da Casa da Cidadão do Assembleia Legislativa. Os documento esquecidos serão encaminhados à Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) e serão queimados até o fim do ano. 

De acordo com Mirla Vieira, coordenadora da Casa do Cidadão, estes RGs teriam sido devolvidos antes, a rigor. "Esses documentos documentos, quando não retirados, deveriam ser devolvidos após seis meses de espera. No entanto, sabemos que cada cédula tem um custo para o Estado, e o interessado terá de requerer uma segunda via, que custa atualmente R$ 47,17", pontua.

Quem estiver impedido de buscar o documento, poderá mandar pais, avós, tios, irmãos ou quaisquer familiares mediante comprovação de grau de paretensco. A retirada é feita pela tarde na sede do órgão, das 14h às 16h30min. 

Atendimento 

A Casa do Cidadão emite 1ª via de CPF, além da carteira de identidade. O atendimento é das 8h às 17 horas, com distribuição de senhas, de segunda a sexta. Os serviços são ofertados no térreo do edifício José Euclides Ferreira Gomes, o anexo II da Assembleia Legislativa. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS