PUBLICIDADE
Notícias

Celebração da Vigília Pascal em Fortaleza foi marcada por ensinamentos sobre a ressurreição

No último sábado do mês, 31, na Catedral de Fortaleza, foi celebrada a cerimônia de Círio Pascal

17:28 | 01/04/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

Ontem, 31, ocorreu a Vigília Pascal, a celebração mais importante do calendário litúrgico cristão. A cerimônia teve o seu início às 20 horas em frente à Catedral de Fortaleza, que ainda estava de portas fechadas. Os fiéis começaram a cerimônia com o primeiro ato, abençoando o fogo que ascende o Círio Pascal, que, para os católicos, faz alusão a Jesus que ressuscita. Em seguida, abriram as portas e toda a multidão entrou na Catedral, onde foi proclamada a Páscoa.

Depois disso, foram lidas as sagradas escrituras com seis trechos bíblicos que contam a trajetória do povo de Deus, partindo de Gênesis, passando por Abraão e Moisés até os profetas anunciarem um salvador. Logo após, o Diácono Adler Trindade proclamou o evangelho de Marcos, 16, que narra a ida de Maria Madalena ao túmulo de Jesus quando ela se depara com um anjo que diz que Jesus ressuscitou. O Arcebispo de Fortaleza, Dom José Antônio Tosi, entrou em seguida e falou sobre os ensinamentos da Páscoa.

[FOTO2]

A Vigília ainda foi marcada por outros momentos importantes: o batismo, crisma e primeira comunhão de quatro pessoas. Esse ato faz parte da Vigília, logo que cria alusão à ressurreição de Jesus e atrai as pessoas para a Igreja. Por último, houve a tradicional celebração eucarística. Tudo se encerrou às 23h30min.

 

Redação O POVO Online

TAGS