PUBLICIDADE
Notícias

Fortaleza terá ato em memória da vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio

Militância do Psol e movimentos sociais se reúnem às 17 horas desta quinta-feira, 15, na Praça da Gentilândia

11:12 | 15/03/2018
Marielle Franco
Marielle Franco
[FOTO1]
 
O Psol-CE promove, na tarde desta quinta-feira, 15, ato em memória da vereadora Marielle Franco, assassinada na noite dessa quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro. A carioca era ligada à luta dos direitos humanos e defesa do povo negro e da periferia. Era também reconhecida por denuciar violência policial. O ato será às 17 horas na Praça da gentilândia.

"(O assassinato) deixou todos nós arrasados", diz o presidente do partido no Ceará, Ailton Lopes. "Estamos convocando nossa militância e movimentos para não nos calar. Não é só a Marielle. Ela já vinha denunciado diversos abusos e atrocidades nesse momento que a gente tá vivendo". 

[SAIBAMAIS]"Nós vamos cobrar a apuração desse crime bárbaro. Marielle era uma parlamentar mulher, negra, que tinha raiz em comunidades periféricas, que denunciava as violações dos direitos humanos e que foi executada numa cidade sob intervenção federal", disse o deputado estadual Renato Roseno. Ele viajou para o Rio de Janeiro nesta madrugada para participar das homenagens à vereadora.

O ato é articulado pelo Psol em parceria com movimentos feministas, movimentos sociais e sindicatos. A ação faz parte de um calendário de manifestações programadas em todo o País durante esta quinta.  

O crime

A vereadora foi assassinada com quatro tiros na cabeça, quando ia para casa no bairro da Tijuca, zona norte do Rio, retornando de um evento ligado ao movimento negro. A parlamentar viajava no banco de trás do carro, quando os criminosos emparelharam com o carro da vítima e atiraram nove vezes. O motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes, também foi baleado no atentado e morreu. 

Marielle Franco foi a quinta vereadora mais votada nas eleições de 2016. Em nota, a direção do Psol lamenta a morte da vereadora e do motorista. "Estamos ao lado dos familiares, amigos, assessores e dirigentes partidários do Psol (RJ) nesse momento de dor e indignação. A atuação de Marielle como vereadora e ativista dos direitos humanos orgulha toda a militância do Psol e será honrada na continuidade de sua luta", diz a nota.

Agenda de atos em memória de Marielle nesta quinta segue em São Paulo, Salvador, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Curitiba, Natal e Vitória, além da capital cearense.
 
TAGS