PUBLICIDADE
Notícias

Secretário orienta que moradores expulsos voltem para as casas e garante a segurança das famílias

Pelo menos 20 famílias da comunidade Barroso 2, no Passaré, foram obrigadas a se mudar à força na noite dessa quinta

19:26 | 05/01/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, garantiu, em entrevista ao O POVO Online, nesta sexta-feira, 5, que vai manter em segurança os moradores das travessas localizadas na rua Unidos Venceremos, na comunidade do Barroso II, Passaré. Pelo menos 20 famílias da comunidade Barroso 2, no Passaré, se mudaram, na noite dessa quinta, levando móveis e eletrodomésticos. O POVO presenciou a mudança forçada de famílias ameaçadas por facção.

O gestor da pasta da Segurança disse que vai haver permanência 24 horas da Polícia para que as famílias fiquem nas casas e orienta aos moradores que saíram, que retornem para as casas. Ele reconhece que apenas a permanência da Polícia não resolve a situação. “É uma medida para garantir a segurança, mas a gente precisa também fazer o trabalho de investigação, responsabilizar essas pessoas e dar o exemplo para que outras situações não ocorram”, disse.

[SAIBAMAIS]

O gestor diz que as três pessoas que foram presas são suspeitas e que não confessaram que são os autores das pichações, mas pessoas da região falaram e o inquérito está com a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). O delegado André diz que não há previsão de acionar outros órgãos do Ceará Pacífico. E alerta que a Polícia não foi escoltar mudanças, mas para ocupar a região e prender os responsáveis. “Polícia não vai fazer esse papel de apoiar a ação desses bandidos”, comenta.

TAGS