PUBLICIDADE
Notícias

Interrompida obra de expansão de área vip para advogados no Fórum Clóvis Beviláqua

Obra era tocada no estacionamento do prédio pela Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (Caace) e foi paralisada por determinação da diretoria do Fórum

15:17 | 18/12/2017

Obra de expansão de área vip da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (Caace) no estacionamento do Fórum Clóvis Beviláqua, no Edson Queiroz, está suspensa desde a última semana por determinação da diretoria do Fórum, que afirmou não ter autorizado a construção no espaço pertencente ao Estado.

 

“Além disso, não se conhece sequer a que se destina a edificação em referência. O que se sabe, até o momento, é que a construção foi levantada muito rapidamente, avança na ampliação de uma área construída de 45 metros quadrados (m²) para 186,60 m²”, alegou, no último dia 13, o juiz diretor do Fórum, José Ricardo Vidal Patrocínio, no processo administrativo que determinou a paralisação da obra — iniciada no dia 14 de novembro.

 

Por telefone, a assessoria de imprensa da Caace informou que o órgão “deu entrada com todos os processos necessários para esclarecimento” e que está “preferindo manter a discrição” sobre o assunto até que a situação seja resolvida. Contudo, adiantou que a expansão seria para ampliar os serviços ofertados pela Sala Vip, “que proporciona um pouco de conforto para o advogado quando ele chega ou sai de alguma audiência”. Alegou, também, que a obra tinha autorização aprovada pela antiga diretoria do Fórum.

 

O POVO Online entrou em contato com o Fórum Clóvis Beviláqua para entrevistar o juiz diretor atual, mas foi informado de que o magistrado não quer se manifestar sobre o assunto.

 

Saiba mais

 

De acordo com a Caace, a Sala Vip oferece a advogados computadores com acesso à internet, telefone, banheiro, empréstimo de becas, serviço de engraxate e outros serviços.


TAGS