PUBLICIDADE
Notícias

José Avelino: feira tranquila e com mais varejo

Feira na José Avelino está com pouco movimento neste domingo. Compras e vendas tiveram enfoque no comércio varejista

09:49 | 24/12/2017
NULL
NULL
[FOTO1] 
Pouco movimento, muitos guardas municipais e prevalência do varejo na feira da José Avelino deste domingo, 24. As compras da véspera natalina começaram cedo. Na verdade, desde sexta-feira, 22, o polo comercial do Centro quase não para. Focados nas vendas para aqueles que procuravam as roupas da noite de Natal, lojistas e ambulantes também se adaptaram. O ponto de ônibus virou ponto de expôr produtos, enquanto as promoções atraíam quem deixou as compras para a última hora. 

A comerciante Bárbara Teixeira de Moura, que vende roupas femininas em Caucaia, disse que não conseguiu encontrar os fabricantes onde costuma comprar em atacado. “Vendemos bem nesse período de fim de ano, por isso resolvemos vir hoje. Mas com certeza que muita gente só vai ter peça nova mesmo na feira de quarta-feira (dia 27 de dezembro)”, ponderou. Por volta das 7 horas, muitas lojas em galpões já estavam fechadas. 

Há apenas um mês vendendo em uma banca na José Avelino, Gerlane Cândido sabe que seu produto é um dos mais procurados nesta época do ano. Peças de lingerie de todas as cores. “Por incrível que pareça eu tive muita compra de sacoleira hoje. Mas o mais forte mesmo foi de varejo, do pessoal comprando para usar”, avaliou. No galpão onde ela trabalha, apenas os permissionários mais próximos à entrada estavam expondo seus produtos.
 
Na praça em frente à Catedral de Fortaleza, palco de confrontos entre ambulantes e fiscais, pelo menos 15 guardas municipais e duas viaturas mantinham a fiscalização no espaço.  “A gente trabalha aqui igual bandido, correndo o tempo todo. Ainda deu para tirar alguma coisa, graças a Deus. Mas foi suado”, afirmou a vendedora ambulante Cleide Maria. Em maio, a Prefeitura de Fortaleza deu início às ações de desocupação da feira. Uma obra de requalificação foi realizada e entregue em outubro. O comércio no Centro, incluindo a José Avelino, permanece até o meio-dia deste domingo. Na segunda-feira, dia 25, todas as lojas estarão fechadas.
 
 
Redação O POVO Online 

TAGS