PUBLICIDADE
Notícias

Entidade busca punição aos responsáveis por maltratar e matar capivara

Grupo maltratou e matou o bicho para fazer churrasco com a carne

22:02 | 19/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Entidade defensora dos animais vai recorrer ao Ministério Público em busca de punição aos responsáveis por agredir e matar uma capivara no bairro Quintino Cunha, em Fortaleza. No vídeo, divulgado em redes sociais, um grupo de pessoas amarra e arrasta o bicho pelas ruas da região. Após a morte, a carne do animal foi usada em churrasco, contou Márcio Sousa, presidente da Sociedade Protetora dos Animais.

Segundo ele, a denúncia chegou à entidade na noite de domingo, 17. No dia seguinte, a Polícia Ambiental foi ao local e o bicho já havia sido morto. E o churrasco, realizado em um bar na rua Rio Novo, já tinha ocorrido.

Investigações

O crime ocorreu na rua Baixa dos Milagres, segundo Sousa, e foi acompanhado por moradores. “Chegamos a conversar com populares, mas eles se negam a dar informações”, contou. De acordo com ele, a entidade irá recorrer ao Ministério Público do Ceará para buscar, na Justiça, punição aos responsáveis.  “Vamos repassar ao Ministério Público o que temos. Inclusive, alguns nomes de responsáveis”, disse.

A lei 9.605/1998 define como crime, no artigo 29, matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar espécies da fauna silvestre sem a devida permissão. A pena prevista varia de seis meses a um ano, com multa.

Redação O POVO Online

TAGS