PUBLICIDADE
Fortaleza
SAPIRANGA

Quatro jovens que cumpriam medidas socioeducativas são retirados de Centro Educacional e mortos

Execução dos quatro jovens ocorreu nas proximidades do Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, próximo à comunidade conhecida como ''Muro Alto''. Pessoas envolvidas com o crime teriam sido identificadas pela Polícia

10:12 | 13/11/2017

Atualizada às 12h40min

Criminosos armados invadiram o Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na madrugada desta segunda-feira, 13, e retiraram quatro internos que cumpriam medidas socioeducativas para matá-los em seguida, no bairro Sapiranga. Os jovens, de acordo com fonte da Polícia, seriam ligados a uma facção criminosa. A identidade deles ainda não foi divulgada.

O assassinato teria sido cometido com a participação de pelo menos dez homens. A invasão ocorreu por volta das 3 horas desta madrugada, de acordo com policiais do supervisionamento do Comando da Capital. O grupo armado pulou o muro da unidade para retirar os jovens à força, sem fazer demais reféns, ainda segundo a Polícia.

A execução dos quatro jovens ocorreu nas proximidades do Centro, próximo à comunidade conhecida como “Muro Alto”.

Esta foi a sexta chacina registrada no Ceará, em 2017; as primeiras cinco chacinas do ano deixaram 24 pessoas mortas. Em relação ao mesmo período de 2016, o número de chacinas no Ceará já seis vezes maior. Conforme O POVO publicou na semana passada, também houve aumento nos duplos e triplos assassinatos no Estado.

Segurança

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) foi procurada sobre as medidas de segurança para manter a integridade dos internos. Em nota, a Seas informou que órgãos da estrutura do Governo do Ceará ligados ao tema estão reunidos no momento para tratar do caso.

O POVO Online procurou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que informou que a Seas responderia sobre o caso.

Confira a nota da Seas, na íntegra:

"A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) informa que quatro adolescentes internos no Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na Sapiranga, foram retirados do local, por um grupo de homens armados, na madrugada desta segunda-feira (13), e executados nas proximidades da unidade. Órgãos da estrutura do Governo do Ceará ligados ao tema estão reunidos no momento para tratar do caso.

A Seas lamenta profundamente o ocorrido e trabalha no apoio às famílias dos adolescentes - e dos demais internos. Em paralelo, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) iniciou os trabalhos de investigação no intuito de elucidar a ocorrência. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos no Centro. A Polícia Militar intensificou o policiamento na região com o reforço de equipes dos Batalhões Especializados, como o de Polícia de Choque (BPChoque) e o de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio)."

Suspeitos

No fim da manhã, o Governo divulgou que foram identificadas pela Polícia pessoas ligadas ao caso. A informação foi veiculada após reunião com a cúpula da SSPDS, Seas, Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) e a vice-governadora, Izolda Cela. 

 

AMANDA ARAúJO