PUBLICIDADE
Notícias

Estabelecimentos comerciais são interditados por vender água de forma irregular

22:46 | 01/11/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Cinco estabelecimentos comerciais que vendiam de forma irregular água para consumo humano foram interditados nesta quarta-feira, 1º, em Fortaleza, Caucaia e Pacajus. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a ação foi desenvolvida pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) após investigação da especializada. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos locais.

As análises físico-químicas para avaliar a presença de sais adicionados, bem como análises microbiológicas, ficaram sob a responsabilidade da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Algumas análises serão realizadas em parceria com o Laboratório Central do Ceará (Lacen). A partir dos relatórios técnicos apresentados pelo laboratório, o Núcleo de Química Forense emite um laudo que avaliará a potabilidade da água.

Ainda conforme a SSPDS, se comprovadas as irregularidades, os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais, que foram interditados, serão indiciados por incolumidade pública, falsificação de substância para consumo humano, falsificação de invólucros em recipientes destinados a consumo humano e por vender ou ter em depósitos produtos voltados a consumo humano sem devida autorização legal. Não foram divulgados os nomes dos locais em que as águas eram vendidas.

Redação O POVO Online

TAGS