PUBLICIDADE
Notícias

Camilo Santana autoriza contratação de mais 730 policiais civis

Efetivo inclui inspetores, escrivães e delegados. SSPDS vai informar prazo para convocados enviarem documentação

18:18 | 15/11/2017
Camilo Santana
Camilo Santana
[FOTO1]O governador Camilo Santana autorizou a contratação de 730 policiais civis para o Ceará. A chamada inclui 476 inspetores, 201 escrivães e 53 delegados, referente aos policiais que passaram no concurso público realizado em 2015. Anúncio foi feito em transmissão no Facebook, nesta terça-feira, 14. Prazo de entrega da documentação dos convocados será informado posteriormente pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

De acordo com Camilo, todos os esforços possíveis estão sendo feitos pelo governo para que aumentem os investimentos no combate à criminalidade, incluindo ação pública para implementação de novos concursos. Aumento de efetivo no Ceará e novas viaturas e equipamentos de segurança também foram citados.

"Dentro disso, é preciso também investir em inteligência. É de grande importância nós reforçarmos a polícia judiciária, nossa grande Polícia Civil, que investiga e descobre os mandantes dos crimes, realiza os mandatos de prisão. Por isso estou convocando mais 730 policiais para se apresentarem com documentação completa e para logo iniciar os trabalhos na segurança do Estado", explicou.
 
Ainda durante a transmissão, Camilo classificou a execução de quatro adolescentes do Centro de Semiliberdade Mártir Francisco, na última segunda-feira, 13, como "covarde e inaceitável". O governador afirmou que, em pouco tempo, os envolvidos com o crime "serão severamente punidos pela lei".

"O centro é referência em todo o Brasil. Não temos medido esforços para reestruturar todo o Sistema Socioeducativo no Estado e, lamentavelmente, ocorreu essa ação", destacou. "Importante destacar que já prendemos um dos suspeitos, que confessou o crime, e terá de responder na Justiça por ele. Não iremos descansar até que tudo se esclareça". 
 
Cultura 
 
O chefe do Executivo sancionou ainda lei que dá espaço para novos investimentos para a Cultura no Estado. Documento que foi aprovado pela Assembleia Legislativa autoriza a transferência de até R$ 10,5 milhões para ações em parceria com o setor privado. A entrega dos recursos vai acontecer pelo Programa 404 – Promoção do Acesso e Fomento à Produção e Difusão da Cultura Cearense. Projetos vencedores do Edital Escolas da Cultura 2016 serão beneficiados. 
 
Redação O POVO Online
TAGS