PUBLICIDADE
Notícias

Dois homens são presos e três jovens apreendidos após arrastões na comunidade do Lagamar

22:40 | 19/10/2017
Presos após ação policial
Presos após ação policial
[FOTO1]Dois homens que cometiam crimes nas proximidades do Parque do Cocó foram presos na tarde desta quinta-feira, 19. Os suspeitos chegaram a trocar tiros com policiais militares lotados nos Batalhões de Polícia de Choque (BPChoque) e de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), no bairro São João do Tauape. Duas armas de fogo e três adolescentes também foram apreendidos. O grupo é o principal suspeito dos ataques a motoristas na comunidade do Lagamar na noite dessa quarta-feira, 18. Acredita-se que o apedrejamento nos veículos tenham sido represália à ocupação policial no território.  

[SAIBAMAIS]De acordo com o tenente  do BPMA, identificado apenas como Ocelles, o BPChoque armou cerco na Via Expressa, onde acontecia os arrastões, e os policiais militares agiam no Parque do Cocó. "Efetuaram disparos quando avistaram nosso policiamento, mas foram prontamente revidados", relata. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirma que uma viatura do Comando Tático Motorizado (Cotam) se dirigiu até o local onde o quinteto estava.
 
A ocorrência se deu por volta das 14 horas, quando os homens se preparavam para um novo assalto. Foram presos Vanderlan Domingos Pinheiro, 19, sem antecedentes criminais, e Francisco Clailton Pinheiro da Silva, 26. Ambos foram baleados na perna no momento do confronto e socorridos. Os homens portavam um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .40.
 
Durante a abordagem, Clailton afirmou que respondia a 12 procedimentos policiais, mas conforme a SSPDS, ele responde a seis procedimentos por homicídio, tráfico de drogas e furto consumado e tentado.  

Os três adolescentes, sendo dois de 14 anos e um de 15 anos, foram apreendidos pelo BPMA após tentarem fugir por um canal de esgoto. Um deles responde a infrações por tráfico de drogas. Eles foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente.
 
Redação O POVO Online
TAGS