PUBLICIDADE
Notícias

Policial Militar reage a assalto, é atingido e mata suspeito no bairro de Fátima

Um suspeito de 17 anos morreu após a troca de tiros com o policial. Um segundo homem envolvido no crime fugiu. A ação aconteceu ao lado da Igreja de Fátima

15:58 | 04/09/2017
Atualizada às 21 horas 
 
Um policial militar foi vítima de tentativa de latrocínio na noite desse domingo, 3, no bairro de Fátima. O sargento estava do lado de fora de uma pizzaria, no cruzamento das avenidas Deputado Oswaldo Studart e Treze de Maio, quando foi abordado por dois homens. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um adolescente de 17 anos disparou contra o policial, que reagiu. Houve troca de tiros. Um adolescente morreu no local.

O POVO Online apurou que o sargento foi atingido de raspão no rosto, mas a bala ficou alojada no pescoço. Ele foi socorrido e conduzido ao Instituto Doutor José Frota (IJF). Na manhã desta segunda-feira, 4, o PM passou por procedimento para analisar a necessidade de retirada da bala. Conforme a família, a junta médica não aconselhou a retirada do projétil. O sargento está fora de risco.
 
A filha do policial conta que o pai esperava no carro, enquanto ela, a mãe e uma amiga compravam pizza. "Ouvimos o barulho e quando cheguei do lado de fora meu pai já estava descendo do carro todo ensanguentado. Ele contou que o cara apontou a arma pra ele, e quando meu pai abriu a porta do carro pra sair, o homem já foi atirando", relatou.
 
Consciente, o PM afirmou que havia ainda um segundo envolvido que fugiu após a troca de tiros. O policial foi levado ao IJF por um cliente da pizzaria. De acordo com testemunhas, foram realizados pelo menos três disparos.  
 
A SSPDS informou que uma equipe do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) apreendeu duas armas de fogo no local. Ainda conforme a pasta, o adolescente tentou roubar o veículo do policial militar. As armas de fogo apreendidas, utilizadas pelo suspeito e pelo policial, foram entregues no 11° Distrito Policial. A família deve prestar depoimento ainda nesta segunda-feira.
 
TAGS