PUBLICIDADE
Notícias

Espera de atendimento para emissão de carteira de trabalho cai 100% no Ceará

Hoje o prazo máximo de espera é de sete dias nas unidades descentralizadas. Demora já foi de 45 dias

21:35 | 26/09/2017
NULL
NULL
[FOTO1]O prazo para agendamento das unidades da Superintendência Regional do Trabalho no Ceará (SRT-CE) caiu 100%, segundo o Ministério do Trabalho. De acordo com a pasta, a SRT-CE conseguiu diminuir para o máximo de sete dias o tempo de espera entre o agendamento e o atendimento nas unidades descentralzadas.
 
De acordo com o superintendente Fábio Zech, a redução compreende a demanda de trabalhadores que tinham urgência na emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social(CTPS), bem como a habilitação do seguro-desemprego.

"Com o atendimento concentrado somente em nossa sede no centro da cidade, era impossível atender todos os trabalhadores que necessitavam dos nossos serviços em um curto prazo. Agora, ao descentralizarmos esses atendimentos, conseguimos diminuir esse lapso de tempo em todas as nossas unidades e até zerar na maioria destas", afirma Zech. A realidade é diferente do que foi registrado em 2012, quando a espera durava até 45 dias. A mudança veio com a implantação do Sistema de Atendimento Agendado (SAA), que tornou a espera virtual. 

O serviço mais procurado na SRT-CE é a emissão da carteira de trabalho. Destacam-se dentre as unidades que apresentaram o prazo reduzido a Agência de Atendimento de Caucaia, Gerência do Trabalho no Crato, Agência Fortaleza I – RioMar Kennedy, Agência RioMar Papicu (durante até um dia) e Atendimento Fortaleza II – Centro (em até sete dias).

O trabalhador deve acessar o site do Ministério do Trabalho e escolher a opção mais conveniente para atendimento.
 
Redação O POVO Online
TAGS