PUBLICIDADE
Notícias

Empresários e auditores são presos em operação por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

Com os detidos foram apreendidos diversos materiais como documentos, carros, joias e outros bens.

08:06 | 01/09/2017

Atualizada às 12:00

Treze pessoas foram presas, entre elas dois auditores da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e três empresários, durante a Operação Dissimulare, em combate aos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e associação criminosa, realizada nesta sexta-feira, 1º, pela Polícia Civil do Estado do Ceará. Também foi detido um homem suspeito de participar de um grupo criminoso.

 

Na tarde desta sexta-feira, a polícia irá realizar uma coletiva no Complexo de Delegacias Especializadas para repassar mais detalhes sobre a operação.

A ação contou com a participação de 30 oficiais de Justiça, responsáveis pela arrecadação de objetos e bens destinados à recuperação de ativos aos cofres públicos.

De acordo com a polícia, foram apreendidos com os suspeitos diversos materiais como documentos, carros, joias e outros bens. O trabalho está sendo realizado em vários bairros de Fortaleza e segue durante o dia.

Ainda conforme a polícia, o trabalho se dá a partir de investigações desenvolvidas pela Delegacia de Crimes Contra a Administração e Finança Públicas (DCAFP) e conta com a atuação de 40 delegados e outros 120 policiais civis.

Série de reportagens do O POVO revelou em 2015 esquema de sonegação que envolve comércio popular de roupas em Fortaleza.

 

Redação O POVO Online

TAGS