PUBLICIDADE
Notícias

Dezenas de creches conveniadas paralisam atividades por falta de pagamento da Prefeitura

Funcionários, entre professores e auxiliares de serviços gerais, cobram o pagamento de salários atrasados há pelo menos dois meses

16:05 | 05/09/2017

As cerca de 80 creches conveniadas à Prefeitura Municipal de Fortaleza tiveram as atividades paralisadas nessa segunda-feira, 4. Os funcionários, entre professores e auxiliares de serviços gerais, denunciam atraso no pagamento dos salários há pelo menos dois meses. O conselho de creches conveniadas estima que seis mil crianças de um a quatro anos estão sem aulas.

Um dos membros do conselho de creches, que prefere não se identificar, diz que a paralisação foi iniciada para cobrar os salários atrasados dos funcionários. "Queremos lutar pela qualidade de vida dos nossos profissionais. A Prefeitura disse que o pagamento só sairia depois do dia 10 de setembro, mas é preciso acelerar para que os profissionais consigam pagar suas contas".

A comissão realizou, na manhã desta terça-feira, 5, um ato na Câmara Municipal de Fortaleza. Os vereadores receberam os membros e, conforme uma coordenadora de nome preservado, reunião com a Secretaria Municipal de Educação (SME) foi marcada para esta quarta-feira, 6.

O convênio dessas escolas é entre Prefeitura e associações comunitárias, conforme a fonte. A categoria busca sensibilizar a Prefeitura para que os salários sejam efetuados, e as aulas retomadas o mais rápido possível.

O POVO Online procurou a SME na manhã desta terça-feira, 5, e ainda aguarda resposta.

Redação O POVO Online

TAGS