PUBLICIDADE
Notícias

Caucaia e Maracanaú receberão reforço do Raio em setembro

A unidade de Caucaia terá 113 policiais em 44 motos e duas viaturas, enquanto a unidade de Maracanaú terá 56 policiais em 24 motos e duas viaturas

20:41 | 22/08/2017
Policiais do Raio em moto
Policiais do Raio em moto
[FOTO1]Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Caucaia e Maracanaú receberão sedes fixas do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) em setembro próximo. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, de Brasília, na tarde desta terça-feira, 2. Além da Capital, receberão o Raio outros 30 municípios com população acima de 50 mil pessoas.

Caucaia e Maracanaú serão os primeiros municípios da RMF a receber o equipamento. O Raio deve chegar nas demais cidades até o ano que vem. O Batalhão de Caucaia terá 113 policiais, com 44 motos e duas viaturas. Maracanaú vai contar com 56 policiais em 24 motos e duas viaturas. Os municípios de Juazeiro do Norte, Sobral, Itapipoca, Iguatu, Crateús, Tauá, Quixadá, Russas e Canindé já contam com unidades do BPRaio.

"Já foram entregues nove batalhões fixos, regionalizados, com equipes de até 35 homens", disse o governador em transmissão ao vivo no Facebok. "A ação do Raio tem sido tão eficiente que tomamos a decisão de implantar o sistema em todos os municípios com mais de 50 mil habitantes, além de duplicar em Fortaleza". Ainda de acordo com Camilo, a formatura da primeira turma da Polícia Militar, que ocorre neste mês, vai permitir a instalação dos equipamentos em setembro.

Ainda durante a transmissão, Camilo falou sobre as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) e a garantia de novas adutoras, pela Agência Nacional das Águas (ANA). Ele diz ter conversado com o ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, sobre o corte de parte dos recursos do CAC pelo Governo Federal. "Mas haverá todo o empenho do ministro, da bancada de deputados federais e minha, no sentido de não haja descontinuidade de repasse dos recursos para o CAC, essa obra tão importante para o Ceará".
 
Camilo segue agenda para liberação de recursos para as obras Cinturão das Águas do Ceará (CAC) em Brasília.

Redação O POVO Online

TAGS