PUBLICIDADE
Notícias

Trio é preso por tentativa de homicídio em delegacia

Suspeitos confessaram participação no crime

20:30 | 24/07/2017
Armas de fogo usadas no crime
Armas de fogo usadas no crime
[FOTO1]Três homens foram presos por tentativa de homicídio, na noite deste domingo, 23, no bairro Antônio Bezerra, na Área Integrada de Segurança 06 (AIS 06). Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os suspeitos fazem parte de um grupo criminoso que tentou matar um desafeto no interior do 10º Distrito Policial. Com eles, a Polícia apreendeu cinco armas de fogo usadas no crime.
 
De acordo com a SSPDS, cerca de 12 homens chegaram em três veículos, por volta das 23 horas, e tentaram entrar na delegacia localizada no bairro Antônio Bezerra. Os policiais civis que estavam na unidade revidaram e chegaram a trocar tiros com os criminosos. A fachada da delegacia foi atingida pelos disparos. Os suspeitos fugiram, e as Polícias Militar e Civil iniciaram as buscas na região.
 
Francisco Anderson Sales Sousa, de 20 anos, foi o primeiro a ser preso. Conhecido por "Andinho", ele tem passagens pela Polícia por homicídio e dano. Anderson foi encontrado nas proximidades da delegacia com um revólver calibre 38. Depois de prender "Andinho", as equipes policiais seguiram até a comunidade conhecida por "Favela do Açai", no bairro Padre Andrade, também na AIS 06, onde encontraram três armas de fogo em uma residência. Outros dois suspeitos foram presos: Ítalo Mendes dos Santos, de 20 anos, com antecedente criminal por roubo; e Juliano Moura da Silva, de 31 anos, com passagem pela Polícia por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e receptação.

A Polícia também apreendeu uma quinta arma de fogo, que estava com Ítalo Mendes. Foram apreendidas também 47 gramas de maconha, uma balança de precisão, aparelhos celulares, munições e relógios. Em depoimento à Polícia, os três suspeitos confessaram participação na ação criminosa. Conforme os depoimentos, eles pretendiam matar um preso que estava recolhido na unidade. 
 
Conduzidos para o 10° Distrito Policial, os suspeitos foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio e na Lei das organizações criminosas. As investigações, realizadas pela Polícia Civil, continuam para prender os demais participantes do grupo criminoso. Os trabalhos policiais contam com o auxílio de imagens da câmera de segurança, que flagrou o crime. 

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do crime por meio do Disque Denúncia, pelo número 181. O 10° Distrito Policial também recebe denúncias e informações pelos números (85) 3101.4916 / 3101. 4917. O sigilo é garantido.
 
Redação O POVO Online
TAGS