PUBLICIDADE
Notícias

Jovem cearense é selecionado em campeonato de B-boys

Competição brasileira acontece em Macapá, no Amapá, no fim deste mês. Mateus Melo, 19, o Bart, disputa a final do campeonato nacional de B-Boys

14:53 | 19/07/2017
NULL
NULL
[FOTO1]
Ele é conhecido no bairro Jangurussu, onde mora, como Bart e é um dos nomes de maior destaque em Fortaleza em competições de b-boys. Aos 19 anos, Mateus Melo é um dos dançarinos pré-selecionados para a final brasileira de um dos mais importantes campeonatos de b-boys, na categoria masculina do mundo, o Red Bull BC One, que acontecerá no próximo dia 29 em Macapá, no Amapá. É a primeira vez que o jovem está entre os competidores nacionais com a dança.
 
Bart confessa que, participar do evento, representa a vida dele. “Eu treino desde o início da adolescência e ser chamado para o maior campeonato nacional é uma honra enorme”, comemora. Mateus foi convidado pessoalmente por Pelezinho, um dos maiores nome do Brasil no b-boys.
 
Foi o amor ao hip-hop que fez Bart entrar no mundo do breakdance. Ele se encantou pelos movimentos dos colegas que treinavam no bairro. Com apenas 12 anos começou a dançar e até hoje faz apresentações com seus parceiros de equipe, além de dar aulas e participar de competições e duelos. Mateus é pai de um menino de dois anos.
 
"A cena de Fortaleza é enorme. Temos mais de 20 crews (grupos) de breakdance por aqui. Como nós estamos longe do Sudeste, onde acontecem mais eventos, pouca notam a gente”, diz. Por conta disso, ele relata que, aqui no Ceará, é preciso se esforçar em dobro para ser reconhecido.
 
A ele se junta a outros 15 competidores selecionados na Batalha Amapá, que ocorre um dia antes, no dia 28, também em Macapá, com dançarinos de todo o Brasil. Quem deve julgar os movimentos e o gingado dos atletas são três nomes já bastante conhecidos da cena: os brasileiros Pelezinho (membro do time estrelado Red Bull BC One All Stars) e Jojo (dançarino do Macapá), além do colombiano Arex, b-boy talentoso que já se classificou para a final mundial algumas vezes. Os critérios avaliados por eles serão: musicalidade, originalidade, performance e presença de palco de cada b-boy.
 
Redação O POVO Online 

TAGS