PUBLICIDADE
Notícias

Cotam apreende mais de 40 quilos de droga enterrada em quintal de residência

Um homem foi preso por tráfico e outros dois suspeitos fugiram

20:09 | 20/07/2017
NULL
NULL
[FOTO1]Mais de 40 quilos de maconha, crack e cocaína foram apreendidos no quintal de uma residência abandonada no bairro Quintino Cunha, em Fortaleza. A apreensão aconteceu na tarde desta quinta-feira, 20, pelo Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque (BPChoque).

Segundo o sargento Ricardo Costa, patrulha CT4031, a prisão aconteceu durante uma abordagem de rotina na Rua 4, em uma área que é comum o uso de drogas. Lá, os policiais encontraram uma casa abandonada com as portas abertas e com pá, enxada e utensílios para escavação, tudo sujo de terra e úmida.

O achado levou a patrulha a crer na existência de arma ou droga enterrada ali. Por trás da casa existia um mangue e três homens fugiram, mas um deles foi preso. Os policiais encontraram areia frouxa e após duas horas de escavação encontraram a droga em recipientes plásticos. Maconha, crack e cocaína. Além de munição calibre .40 e 380.

[FOTO2] "No momento que pulei o muro três soldados do tráfico fugiram e consegui fazer a prisão de um deles. Depois disso bati o mato e consegui localizar um local que a areia estava muito frouxa. A droga estava lá", ressaltou o militar. 

Conforme o sargento Ricardo, Francisco Thallyson Marques Moura, de 20 anos, foi preso. Ele deu nome falso, de um primo, inicialmente, e teve que ser conduzido ao instituto de indentificação, onde foi descoberto o verdadeiro nome. O caso foi encaminhado ao 10º DP (Antônio Bezerra) e Thallyson foi autuado por tráfico de drogas.

 "No nosso cotidiano de patrulhamento nos deparam corriqueiramente com o consumo de drogas, mas onde existe o consumo também existe o tráfico. Lá são vários barracos desocupados e temos informações que os traficantes determinam que os moradores saiam do local para desenvolver a atividade ilícita de forma tranquila. Atrás dos barracos é um mangue de difícil acesso", ressaltou.
TAGS