Participamos do

Quatro estudantes do Ceará são finalistas na Olimpíada Internacional de Química

Toda a equipe que representa o Brasil é formada por estudantes do Ceará, que conta ainda com um suplente, também cearense. Olimpíada Internacional acontece em duas etapas: em julho, na Tailândia, e em outubro, no Peru
16:45 | Jun. 27, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1] 
Os cinco estudantes que ficaram nas primeiras classificações do Brasil para Olimpíada Internacional de Química, que acontece em julho, na Tailândia, e em outubro, no Peru, são do Ceará. Alunos dos colégios Master, Ari de Sá e Farias Brito, os estudantes estão participando de reforço com aula de laboratório de química na Universidade de Campinas, São Paulo, desde a última segunda, 26, como preparação para a disputa. 
 
Três dos estudantes são alunos ainda do 2o ano: João Victor Moreira Pimentel, 15, Ivina de Lima Ferreira Gomes, 15, e Orisvaldo Salviano Neto, 16. Por isso, terão a oportunidade de concorrer mais uma vez no próximo ano. “Representa muito pra mim porque ainda estou no segundo ano e não é muito comum. Chegar até aqui já é uma conquista”, conta Orisvaldo, aluno que ficou em 5o lugar e, por isso, e é suplente na olimpíada. 
 
Além deles, também foram classificados Celso Renan Barbosa Soares Lima, 17, e Lígia Oliveira Toscano de Melo, 17. O curso inclui aulas práticas em laboratórios de química e é gratuito, oferecido pelo Programa Nacional Olimpíadas de Química, organizado pela Associação Brasileira de Química (ABQ).
Redação O POVO Online 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente