PUBLICIDADE
Notícias

Ônibus da Delegação Cearense de Atletismo é assaltado no RN

Os atletas se dirigiam para uma competição, em Recife, quando foram abordados na BR-304, durante a madrugada deste sábado, 20. Atletas e comissão técnica foram feitos reféns por cerca de 3 horas

15:02 | 20/05/2017
Um ônibus da empresa Rápido Crateús com a Delegação Cearense de Atletismo foi assaltado na madrugada deste sábado, 20. Os atletas e componentes da equipe foram feitos reféns por cerca de 3 horas na cidade de Lajes, no Rio Grande do Norte. O ônibus se dirigia de Fortaleza para Recife, capital pernambucana, onde ocorrerá o 41º Troféu Norte de Nordeste de Atletismo Professor Manuel Trajano. No ônibus, estavam 27 pessoas da delegação, além dos dois motoristas.
 
De acordo com uma das vítima, que pediu para não ser identificada, os assaltantes levaram celulares, relógios, notebooks e mais de R$ 4 mil em dinheiro. O integrante do grupo conta que o assalto começou na madrugada de sábado, por volta das 2h30min. Um carro de passeio ultrapassou o ônibus já nas proximidades da região da Serra do Mel, também no Rio Grande do Norte, e começou a andar devagar, até que o coletivo bateu no transporte e o fez parar. Seis homens entraram no ônibus armados de escopetas e fuzis e anunciaram o assalto, ameaçando matar os atletas caso não entregassem os pertences.
 
Ainda de acordo com a vítima, os assaltantes fizeram o motorista dirigir por uma estrada carroçável e obrigou os passageiros a descerem do veículo e sentarem na estrada de terra. Um dos criminosos, que a vítima acredita ser o líder do bando, disse para não reagirem, porque eles não tinham a intenção de fazer mal. Mas, caso as vítimas escondessem alguma coisa, eles iriam matar alguém. “Tudo isso de forma bem educada, o que me deixou muito impressionado. Eu pensava que eles iam nos deixar ali”, disse.
 
Os assaltantes percorreram, ainda de acordo com a vítima, cerca de 200 a 250 quilômetros dentro do ônibus. A vítima ainda disse que o líder do grupo falou que eles iam para Recife, ganhar as medalhas e iriam até esquecer aquele momento. “Foram horas de aflição. A gente nem imagina que possa passar por uma situação dessas”, declara.
 
Por volta das 6 horas, segundo Polícia Rodoviária Federal, o motorista do ônibus conseguiu comunicar o assalto no posto da PRF que fica próximo ao local onde o ônibus foi abandonado pelos criminosos. Polícia Militar e a PRF fizeram buscas na região, mas ninguém foi preso. Os ocupantes do ônibus foram levados para a delegacia de Mossoró e registraram boletim de ocorrência.
 
Redação O POVO Online 

TAGS