PUBLICIDADE
Notícias

Obras de Belchior podem virar patrimônio do Ceará

A arte de Belchior pode ganhar a imortalidade pelo viés jurídico

17:00 | 03/05/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

A Comissão de Direitos Culturais da OAB-CE protocolou junto à Secretaria da Cultura, Secult-CE, o pedido do reconhecimento da obra do cantor e compositor cearense Belchior como patrimônio imaterial do Ceará.

 

A solicitação será submetida à Coordenação de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, que analisará e emitirá um parecer. De acordo com a Secult, o parecer da Coordenação será submetido ao Conselho Estadual de Patrimônio Cultural do Ceará para a decisão final sobre o registro da obra.


Em entrevista ao O POVO Online, Ricardo Bacelar, Conselheiro Federal da OAB e presidente da Comissão de Direitos Culturais da OAB-CE, diz que o registro como patrimônio imaterial colabora com a preservação e o reconhecimento da música de Belchior.


"A proposta seria garantir que as futuras gerações tenham acesso ao repertório e a informação sobre a relevância da obra em consonância com os valores culturais relevantes", informou.


A abertura do processo administrativo busca a criação e adição de mais um livro de registro na lei, detalha Ricardo. Essa proposta seria direcionada para a música do cearense, onde, dessa forma, o acervo sonoro de Belchior ganharia o título de patrimônio imaterial.

 

 

TAGS