PUBLICIDADE
Notícias

No Ceará, Vivo e INSS são afetados por ataque cibernético

18:43 | 12/05/2017
Atualizado às 10h37min do sábado, 13
 
Após ataque cibernético em massa que atinge mais de 74 países no mundo, nesta sexta-feira, 12, vários órgãos e empresas nacionais e locais suspenderam seus sites e suas páginas oficiais como medida de prevenção de ataques aos seus sistemas. Dentre eles, estão a Vivo, da espanhola Telefonica, Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) e a Previdência Social. 

No Ceará, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paralisou as atividades de todas as suas agências por volta das 14 horas desta sexta-feira, 12. A informação foi confirmada por funcionários da instituição.

O TRE-CE comunicou que, devido à onda de ataques, suas conexões com a Internet serão desligadas "preventivamente a partir das 19 horas" desta sexta. "O TRE-CE esclarece que nenhum de seus serviços foi afetado, mas devido ao desligamento preventivo, alguns desses serviços ficarão indisponíveis durante o final de semana, sendo normalizados a partir de segunda-feira, 15", diz a nota.
 
[SAIBAMAIS]A assessoria de imprensa da Vivo também confirmou que a companhia chegou a ser afetada, e destacou que "os dados dos clientes estão seguros" e que podem continuar a usar o serviço normalmente. Em nota, afirmam que a Telefónica Espanha foi uma das empresas vítimas de um "incidente global" de segurança cibernética, o que afetou computadores que estão na rede corporativa da empresa.
  
"Imediatamente, foi ativado o protocolo de segurança para tais incidentes com a intenção de que os computadores afetados voltem a funcionar o mais rapidamente possível. A Telefônica Brasil informa que seus serviços não foram afetados pelo incidente", diz a nota. "A empresa está tomando medidas preventivas para garantir a normalidade de sua operação".
 
Conforme relatos de funcionários da Contax, a empresa orientou que os colaboradores desligassem os computadores "para evitar qualquer ataque cibernético". Os colabores disseram ao O POVO Online que equipes de Tecnologia da Informação estão trabalhando para restabelecer a normalidade. A assessoria da Contax não confirma a informação. 
 
Dentre os países atacados estão Turquia, Reino Unido, Japão, Portugual, Espanha e Alemanha.
TAGS