PUBLICIDADE
Notícias

Manifestantes fazem protesto contra Temer e pedem "diretas já"

A manifestação é a favor do afastamento imediato do peemedebista após se tornar pública a gravação da conversa entre o presidente com um dos donos da JBS, Joesley Batista

17:14 | 18/05/2017
NULL
NULL
[FOTO1] Atualizada às 19h57min
Um grupo de manifestantes protestou contra o governo de Michel Temer e pediu eleições diretas, nesta quinta-feira, 18. A organização da Intersindical aponta cerca de três mil pessoas no protesto. A manifestação é a favor do afastamento imediato do peemedebista após se tornar pública a gravação da conversa entre o presidente com um dos donos da JBS, Joesley Batista, na noite desta quarta-feira, 17.
[SAIBAMAIS]
Os manifestantes realizaram concentração por volta das 16h, na Praça da Bandeira, no Centro. O protesto teve caminhada até a Praça da Gentilândia, no bairro Benfica. A dispersão do grupo ocorreu por volta das 19h. O ato foi convocado pela Central Única dos Trabalhadores, Frente Povo Sem Medo, Frente Brasil Popular e sociedade civil.

O grupo levou faixas e bandeiras e gritou palavras de ordem, como "Fora Temer" e "Diretas já", durante o trajeto. A manifestação foi pacífica, sem registro de tumulto.
[FOTO2]
Durante a passagem do protesto, a avenida Domingos Olímpio ficou congestionada. A manifestação chegou a ocupar um dos lados da avenida 13 de Maio em direção à Praça da Gentilândia, no bairro Benfica.  

Após a revelação de que Temer teria dado o aval permitindo a compra do silêncio de Cunha, centrais sindicais e movimentos de esquerda convocaram a população para uma série de manifestações em todo o país. Foram organizados protestos em pelo menos 28 cidades brasileiras.

[VIDEO1] 
Redação O POVO Online 
TAGS