PUBLICIDADE
Notícias

Vídeo de confusão em barraca no Porto das Dunas repercute nas redes sociais

Imagens foram divulgadas no Facebook neste sábado, 22, mesmo dia do caso de agressão a um vendedor de picolé em uma barraca da Praia do Futuro

14:37 | 24/04/2017
NULL
NULL

[FOTO1] Atualizada às 17h24min

O vídeo de uma confusão entre um panfleteiro e seguranças no Restaurante da Praia, barraca do Beach Park no Porto das Dunas, em Aquiraz, ganhou repercussão nas redes sociais no último fim de semana. Apesar de ter ocorrido há mais de mês, o fato foi divulgado no Facebook neste sábado, 22, mesmo dia do caso de agressão a um vendedor de picolé em uma barraca da Praia do Futuro, em Fortaleza.

[SAIBAMAIS]
O POVO Online procurou as Delegacias Metropolitana do Eusébio e de Aquiraz, mas nenhum Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado.


Em nota, o Beach Park se pronunciou sobre o caso. "Mediante reclamações dos clientes que se sentiram incomodados por cinco homens que panfletavam no Restaurante da Praia e tentavam convencê-los a comprar passeios turísticos, funcionários do Beach Park solicitaram cordialmente que eles não abordassem os clientes enquanto estes estivessem nas mesas", comunicou a empresa.


Em seguida, segundo o Beach Park, quatro dos homens que panfletavam "imediatamente" entenderam e se retiraram, mas um deles se negou a sair e iniciou uma discussão. "Por precaução, a segurança foi chamada, momento em que, já exaltado, o rapaz tentou pegar a arma de fogo de um dos seguranças, que teve que reagir para coibir a ação e evitar um incidente", informou. "Ciente da importância do assunto, a empresa adverte que não concorda com nenhum tipo de violência e, ao preservar a segurança dos seus clientes e esclarecer o ocorrido, reforça seu compromisso com o trabalho ético e transparente em suas atividades", completou.

 

Leia nota na íntegra:

"No dia 21 de março de 2017, mediante reclamações dos clientes que se sentiram incomodados por cinco homens que panfletavam no Restaurante da Praia e tentavam convencê-los a comprar passeios turísticos, funcionários do Beach Park solicitaram cordialmente que eles não abordassem os clientes enquanto estes estivessem nas mesas. Dos cinco homens que receberam esse pedido, quatro imediatamente entenderam e se retiraram, mas um deles se negou a sair e iniciou uma discussão. Por precaução, a segurança foi chamada, momento em que, já exaltado, o rapaz tentou pegar a arma de fogo de um dos seguranças, que teve que reagir para coibir a ação e evitar um incidente.

Ciente da importância do assunto, a empresa adverte que não concorda com nenhum tipo de violência e, ao preservar a segurança dos seus clientes e esclarecer o ocorrido, reforça seu compromisso com o trabalho ético e transparente em suas atividades.".

 

 

Veja vídeo:

[VIDEO1] 

TAGS