PUBLICIDADE
Notícias

Moradores da Aerolândia se manifestam para pedir celeridade no caso Débora

Agentes da AMC foram acionados ao local. Não foi preciso fazer nenhum tipo de intervenção, já que os moradores não bloquearam o trânsito na via

20:17 | 03/04/2017

Após sete dias do desaparecimento da menina Débora Lohany de Oliveira, 4 anos, cerca de 15 pessoas se reuniram na noite desta segunda-feira, 3, próximo ao local de sumiço da criança, na avenida Raul Barbosa, para pedir celeridade nas buscas da menina.

Equipes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) foram acionados ao local. Não foi preciso fazer nenhum tipo de intervenção, já que os moradores não bloquearam o trânsito na via.

No dia 29 do mês passado, uma manifestação fechou um dos sentidos da avenida Raul Barbosa, na Aerolândia, para cobrar agilidade nas buscas e nas investigações do desaparecimento da criança.

Caso Débora

A menina brincava na calçada da avenida Raul Barbosa e, por volta das 20h04min, não foi mais encontrada. Vizinhos chegaram a dizer que ela foi levada por um homem.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito seria conhecido na região. No entanto, detalhes não estão sendo repassados para não atrapalhar as investigações.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), participam das buscas, policiais militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), e do Policiamento Ostensivo Geral e do Ronda da área; bombeiros da Seção de Buscas e Resgates de Salvamento com Cães e da guarnição de Salvamentos 01; além de servidores da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS, que realizam sobrevoos na região. Trechos do Rio Cocó também estão sendo patrulhados por embarcações do BPMA.

Redação O POVO Online

TAGS